A Força da Guerreira (Breve Análise)




Poucos são os que percebem, mas Xena também foi uma das personagens que mais evoluiu durante a série, tanto no que diz respeito à sabedoria adquirida quanto a força física e determinação.
Xena dizia não ser muito boa com as palavras, mas quando a vemos falando com Gabrielle, declarando seus sentimentos, a guerreira expõe seu lado filosófico. Isso também acontece quando ela precisa ajudar alguém, como Flora (Lobo Negro), por exemplo.
Xena diz coisas encantadoras e sábias, dando força para aqueles que precisam.
Ainda no início da série, já no segundo episódio, Xena é atingida por uma única flecha e desmaia. Em AFIN, Xena recebe várias fechadas por todo o corpo e continua avançando, sendo detida somente quando é decapitada. Ou seja, a força dessa mulher evoluiu consideravelmente.
Quando Xena recorda seu passado, vemos apenas uma guerreira comum tentando obter poder, como qualquer outro guerreiro. Ela teve as pernas quebradas e ficou capenga depois disso, até que encontrou Lao Ma e foi curada.
Alti ensinou Xena a viajar para o mundo dos espíritos. Lao Ma lhe ensinou a controlar a mente e usar o seu poder. Ares lhe ensinou a lutar ainda melhor. E mesmo assim, Xena não foi páreo para Hércules, quando os dois se enfrentaram. Mais tarde, no episódio em que eles vão libertar Prometheus, podemos ver o equilíbrio de força e habilidade entre eles.
Xena se tornou uma mulher de princípios, adquiriu valores nobres, a ponto de dar sua própria vida por gente que ela nem conhecia.
A primeira morte de Xena se deu por causa de um tronco que a arremessou numa árvore. O impacto lhe causou uma hemorragia interna. Acaso não se trata da mesma mulher que lutou contra Indrajit (aquele demônio da Índia) e levou uma surra, a ponto de ter seus dois braços decepados e, com a ajuda de Krishna, adquiriu forças para se reerguer e derrotá-lo?
É a mesma Xena que, antes disso, se transformou numa criatura bizarra, na terra de Aidan, deixando seu lado obscuro a possuir por completo, mas ao ver sua amada Gabrielle se transformando em pedra, consegue raciocinar e voltar a si.
Ao longo da série, Xena foi conhecendo aos poucos a força interior que ela tinha dentro de si mesma, como da vez em que ela derrotou todo o exército chinês, usando os poderes adquiridos através dos ensinamentos de Lao Ma.
A Xena insensível e materialista deu lugar a uma mulher cheia de amor no coração.
Me atrevo a dizer que Xena aprendeu mais com as palavras de Eli do que Gabrielle. Mesmo não pondo em prática, ela sabia distinguir o certo do errado com nitidez, ao contrário de Gabrielle, que chegou a ter crises existenciais, ficando meio perdida em certos momentos. Xena aprendeu tudo o que Gabrielle lhe mostrou ao longo dos anos e soube administrar o que aprendeu melhor do que sua própria salvadora.
Xena fez o que tinha que fazer,
aceitando o que a vida lhe impusera.
De assassina fria e cruel, de uma guerreira vulnerável e normal, Xena se tornou a maior ameaça para os deuses, foi escolhida como a mãe da mensageira de Eli. Até os arcanjos a temiam.
Com seu nome e seus feitos eternizados nos pergaminhos de Gabrielle, Xena se tornou uma lenda viva e, mesmo depois de morta, foi eternizada.


por Math Pitbull

Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. Comovente...este texto está lindo e muito verdadeiro, eu sempre pensei assim, que Xena havia evoluído muuuuuuuuuuito...bjoo

    ResponderExcluir
  2. Além de que ela ficou cada vez mais linda, pelo menos pra mim...rsrs

    ResponderExcluir
  3. Sim sim, ficou sim, quer dizer, ela é linda do começo ao fim!

    ResponderExcluir

Para evitar comentários com conteúdo chulo e ofensivo, todos serão moderados, certo?

Ѳ Comente pelo Facebook!

Ѳ Mais Vistos