O Poder Xamã de Alti




Xamã, ou shaman, é um termo de origem tunguska (povo nativo da Sibéria). Os tungues meridionais identificam no xamã os portadores de função religiosa, que podem "voar" para outros mundos, entrar em um estado estático e ter acesso e contato com seus aliados (animais, vegetais, minerais), seres de outras dimensões e os espíritos ancestrais.
Xamã é o sacerdote ou sacerdotisa do xamanismo que entra em transe durante rituais xamânicos, manifestando poderes sobrenaturais e invocando espíritos da natureza, chamando-os a si e incorporando-os em si. Este contato em êxtase permite a recepção de orientações e ajudas dos espíritos para resolver ou superar situações que desafiem as pessoas e seus grupos sociais.
A conceituação antropológica de xamã ainda não é consensual. Diz-se ser uma espécie de sacerdote, médico, curandeiro, conselheiro e adivinho. É um líder espiritual com funções e poderes de natureza ritualística, mágica e religiosa que tem a capacidade de, por meio de êxtase, manter contato com o universo sobrenatural e com as forças da natureza.
O xamã é tido como um profundo conhecedor da natureza humana, tanto na parte física quanto psíquica.

fonte: wikipedia

Na série Xena, a Princesa Guerreira, temos Alti, como a xamanesa mais poderosa da série. Cyane, que não sabemos ao certo se ela se intitulava como uma xamanesa, mas era tão poderosa quanto Alti. E Yakut.

Sem dúvida, Alti foi a maior de todas e a inimiga mais difícil de se combater, com a qual Xena cruzou algumas vezes. Apenas Cyane conseguiu, certa vez, vencer Alti em uma pequena batalha espiritual. Porém, de forma traiçoeira, Xena, em sua fase má, matou Cyane a pedido de Alti, e esta então se tornou a mais poderosa em termos de espiritualidade.
Alti e Anokin, sua aprendiz, apareceram de repente no acampamento de Xena e Borias. Ele não gostou nada da idéia de ter uma xamanesa por perto, mas Xena, que almejava obter mais e mais poder, recebeu as duas.
Xena aprendeu muitas coisas com Alti, inclusive o ritual de passagem para o mundo dos mortos. Anokin morreu durante uma batalha. Xena havia se afeiçoado muito a ela. Alti, então, fez o ritual com Xena e as duas foram até a outra dimensão para que Xena pudesse rever Anokin.
Mais tarde, a xamanesa convenceu Xena a se tornar sua seguidora e ajuda-la em troca de poderes. Poderes estes que fariam de Xena a Destruidora de Nações. Porém, Borias as impediu de ir além, quando Alti pediu que Xena matasse a pequena Otere, dizendo que, quando a menina crescesse, ela usurparia o poder de Xena.
Através da morte de Cyane e das outras amazonas da tribo do norte, Alti aprisionou suas almas, impedindo-as de atravessar para o outro lado, fazendo com que elas permanecessem em uma espécie de limbo.
Mas foi graças ao ritual de passagem para o mundo dos mortos, ensinado por Alti, que Xena conseguiu ajudar tais amazonas. Ou seja, sem perceber, Alti fez um bem.
Foi Alti também quem fez Xena saber que Gabrielle não havia morrido na queda no fosso com Esperança. Numa tentativa de combater Xena, Alti lhe mostra passagens de sua vida e, ao mostrar a ela seu futuro, acaba por revelar que Gabrielle estava junto dela. Isso fez com que Xena adquirisse forças e a destruísse naquele momento.
Alti tomava a forma de animais, evocava espíritos e tinha o poder de ver o passado e futuro das pessoas, além de manipular situações usando as almas de suas vítimas. Sendo ela um espírito de grande poder, jamais deixaria de existir. Tanto que numa vida futura de Xena e Gabrielle, lá estava ela novamente. Porém, ao ser levada para o passado, época atual para elas, Xena, Gabrielle e Naiyima, usando os poderes do Mendi, conseguiram mais uma vez derrota-la.
Antes disso, porém, Alti domina Gabrielle e a mostra lembranças dolorosas de seu passado e também a visão do futuro, onde ela e Xena morreriam crucificadas. Assim, Gabrielle fica enfim sabendo qual era a visão que atormentava tanto Xena.
Mais tarde, ao saber que Xena estava grávida, Alti pretende roubar o bebê dela, fazendo com que ela e Gabrielle, acompanhadas por Amarice, fossem até Yakut, a nova xamanesa das amazonas do norte, para pedir sua ajuda.
Como Xena está frágil devido a sua gravidez, Gabrielle decide ir até o mundo espiritual para combater Alti. Foi aí que elas fizeram o tal pacto de sangue.
Bom, se Xena já vencia Alti com muito custo, imagina Gabrielle. Foi só ela chegar do outro lado que Alti quase conseguiu matá-la. Xena, então, resolve ir ela mesma ao encontro de Alti. Porém, a xamanesa consegue roubar a alma do bebê de Xena.
Como não há possibilidades de combater Alti no mundo físico, Xena decide ir novamente ao seu encontro no mundo espiritual, porém, com a idéia de levar Alti para um outro mundo, o mundo dos sonhos. Lá, Xena e Alti, em forma de esqueletos, travam uma luta equilibrada, até que Xena, finalmente, consegue obter o sucesso aguardado em sua missão. Ela recupera a alma de seu bebê e Alti novamente é derrotada.
No destino alternativo criado por César, Alti retorna novamente, mas sem saber sobre os tantos poderes que ela obtém. Devido a um ataque a Xena, ela descobre esses poderes e sua energia se renova. Porém, foi graças a ela que Xena e Gabrielle souberam que estavam numa versão de suas vidas que não era a real. Mais uma vez, Alti fez um bem sem perceber.
Gabrielle vai até o templo do destino e destrói o tear, mudando tudo de novo e, inclusive, destruindo Alti novamente.
Mas Alti, como já dito, tem um espírito eterno, e ela retorna no ano 2000/2001 para tentar, mais uma vez, destruir Xena e Gabrielle. De alguma forma, ela consegue obter a espada e chakram de Xena, além de amostras de cabelos da guerreira e de Gabrielle. Nessa vida, Alti é uma cientista e faz, a partir das amostras, dois clones das guerreiras.
Ao acordarem, Xena e Gabrielle não a reconhecem a princípio, mas basta Alti se aproximar com aquele olhar, que todos nós conhecemos bem, para que Xena se dê conta da confusão em que elas estão metidas.
Porém, nesta vida, Alti já não tem tantos poderes como antes e Xena consegue derrota-la ao lançar ela num carro que estava em curto circuito. Alti torra e desaparece.

Fiz este post para homenagear Alti, esta poderosa mulher que, inconscientemente, ajudou algumas vezes a unir ainda mais nossas heroínas. E ainda dizer que ela foi, provavelmente, a pior vilã da série, a mais difícil de enfrentar, a mais poderosa.
Talvez a única pessoa que pudesse vencê-la sem maiores dificuldades fosse Lao Ma, por ter poderes similares. Mas isso é algo que jamais saberemos. 



por Math Pitbull


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para evitar comentários com conteúdo chulo e ofensivo, todos serão moderados, certo?

Ѳ Comente pelo Facebook!

Ѳ Mais Vistos