Visão Maintexter: Comentando os Episódios de XWP – Prometheus


Ao que muitos preferem chamar de subtexto, eu chamo de maintexto.
Para bom entendedor, meia cena basta.

Um grupo de caçadores de recompensa encontram Xena e Gabrielle dormindo e o líder deles ataca Xena. Ele pega a cabeça dela na mão e percebe que se tratava de uma melancia. Xena se joga de uma árvore e bate nos bandidos. Um deles lança uma faca que entra no pescoço do líder. Xena ajuda o homem e ele não morre.
Xena leva o homem para uma estalagem, onde se encontra outro homem doente. A deusa Hera aprisiona Prometheus, deus do fogo e cura. Então, as duas pessoas na taverna morrem e Xena logo percebe do que se trata, uma vez que ela ouviu o lamento de Prometheus.
Xena e Gabrielle seguem para um tal oráculo. Gabrielle quer saber como ela sabe que deve ir até esse oráculo e Xena responde que soube através de um amigo. Gabrielle diz que Xena é cheia de mistérios.
Pois é, a Xena tem mania de esconder as coisas, principalmente quando o assunto é sentimento. No episódio anterior, The Titans, Xena quase entrega o ouro ao sentir ciúmes de Gabrielle, mas o seu excesso de cuidados com a jovem é tão fora do comum, que ela resolve nem mais tocar no assunto e acaba se apegando em uma paixão de um passado não muito distante.
Xena encontra o oráculo e entra. Gabrielle fica esperando do lado de fora. Xena é submetida a um teste e passa, tendo assim a resposta para a sua pergunta. Ela precisava saber o que deveria fazer para libertar Prometheus. Então, a moça do oráculo diz que ela deve ir até uma montanha chamada Vulcan, onde fica a caverna de Hefestus, deus do metal, e pegar uma espada que é a única coisa que pode romper as correntes que prendem Prometheus, porém há um risco.
Xena reencontra Gabrielle e elas seguem. Xena pergunta o que a garota faria caso acontecesse algo com ela. Gabrielle diz que seria uma barda viajante e estudaria na academia de Atenas, mas ela não gosta do assunto e desconversa.
Xena não quer que Gabrielle fique perdida pelo mundo e Gabrielle nem cogita a hipótese de perder Xena. Só de tocar no assunto, ela fica visivelmente perturbada.
Elas encontram um vendedor no meio caminho e ele tenta vender a réplica da caverna de Hefestus, mas Xena se altera e o faz revelar o endereço. Ela segue viagem e Gabrielle fica com ele.
Xena chega até a caverna e entra. Vários soldados de Hera tentam impedi-la, mas ela consegue pegar a espada. Do lado de fora, Xena é surpreendida por Hércules. Ele quer a espada, então eles lutam e Xena se vai, mas Hercules a segue.
Na loja, Gabrielle olha as coisas e Iolaus aparece, perguntando se alguém viu Hércules. Gabrielle gosta do jeito simpático de Iolaus e conta que ela também tem um herói como amigo. Xena aparece e puxa Gabrielle consigo.
Xena sabe que Iolaus é um bom homem, mas o ciúme que ela tem de Gabrielle fez com que ela retirasse a garota rapidamente da frente dos olhos dele.
Xena e Gabrielle estão em um celeiro. Gabrielle quer saber o que Xena teve com Iolaus e depois com Hercules. Mas Xena desconversa.
Afinal, por que Gabrielle não pode saber? Xena quer esconder seus podres hahaha
Soldados de Hera aparecem e Xena luta contra eles. Hercules e Iolaus chegam nesse momento e ajudam Xena a derrotá-los. Um dos homens pega a espada de Hefestus e ataca Xena, mas Hercules o detém com seu bracelete, que também é feito do mesmo metal que a espada, pulverizando o homem. Gabrielle e Iolaus concluem que aquele que quebrar as correntes que prendem Prometheus também morrerá. Xena e Hercules resolvem trabalharem juntos, mas a espada agora está em poder dele. Iolaus sofreu um corte durante a luta, mas não conta a ninguém, para não preocupá-los.
Os quatro chegam até a montanha onde está Prometheus. Gabrielle tenta falar com Hercules, mas ele não lhe dá muita atenção. Ela conclui que estar na companhia de alguém como Iolaus é melhor e acaba descobrindo sobre o corte dele. Iolaus pede para que ela não diga nada a Xena e Hercules e ela concorda.
Agora Gabrielle e Iolaus se tornaram cúmplices. Criou-se um vínculo.
Xena, que estava mais a frente com Hercules, retorna e chama os dois.
Na verdade, Xena voltou para ver o que eles estavam fazendo, claro! Ela não queria correr o risco de acontecer de novo o que aconteceu com Gabrielle e Philius.
Eles seguem caminho dentro da caverna escura e pedras começam a cair por cima deles. Xena manda que Gabrielle se proteja.
Ela só adverte Gabrielle... hehehe
Os quatro escapam e o ferimento de Iolaus é descoberto. Xena diz que ele deve descansar, pois até que Prometheus seja libertado, ele pode morrer. Gabrielle se oferece para ficar com ele.
Haha A Xena dá uma olhada nela, como quem diz “Você e ele, aqui sozinhos?”
Iolaus se despede de Hercules e Gabrielle de Xena, lhe pedindo para que ela não quebre as correntes.
Gabrielle odeia esta idéia de perder Xena.
Elas ficam se olhando um tempo sem mais nada dizer.
Que lindo!
Xena se despede de Iolaus e segue com Hercules. No caminho, Xena agradece a Hercules por todo o bem que ele fez a ela. Ele diz que a amou tanto quanto amou sua esposa. Eles se beijam e Xena tenta pegar a espada, mas Hercules a impede.
Mas é claro que Xena só o beijou para tentar pegar a espada!
Gabrielle conforta Iolaus que sofre. Ele pede para que Gabrielle diga a Xena que ele não guarda rancor. Gabrielle diz que Xena é especial e não sabe o que a guerreira viu nela.
Nós aqui sabemos, Gabrielle! Hehehe
As tochas se apagam, é a dádiva do fogo que se vai, pois Prometheus está fraco. Xena e Hercules encontram a passagem para chegar até ele. Hercules se prepara e Xena pede para que ele leve Gabrielle para a escola de Atenas e lhe dá uma pancada na cabeça, fazendo-o desmaiar.
Nem na hora do aperto Xena esquece Gabrielle. Uhum...
Xena pega a espada e beija Hercules, para se despedir.
Você gosta de alguém e a pessoa diz amar você. Numa situação de despedida, um beijo é algo bem aceitável, sim.
Ela chega até onde está Prometheus e é atacada por soldados de Hera. Hercules acorda e segue Xena.
Gabrielle tenta acalmar Iolaus lhe contando histórias, entre elas a história das almas gêmeas.
Gabrielle acha que todo mundo que combina com ela em alguma coisa é a sua alma gêmea. Não viaja, Gabrielle!
Hercules chega ao auxílio de Xena e luta contra os soldados. Xena segue para libertar Prometheus, mas um pássaro gigante ou dragão, não sei, a captura e sai voando com ela pendurada em seus pés. Xena consegue machucar a ave e joga a espada de Hefestus para Hercules, que acabara de derrotar os soldados. Ele pega uma pedra e rebate a espada em direção às correntes que prendem Prometheus, libertando-o. Xena se joga e Hercules a apanha nos braços. Prometheus recupera suas forças e tudo volta ao normal.
Gabrielle cuida do ferimento de Iolaus, enquanto xena se despede de Hercules. Gabrielle pergunta para Iolaus se ele ouviu a história que ela contou e ele diz que não, quando na verdade sim.
Mas afinal, por que ele mentiu? Acho que o sexto sentido de Iolaus é super aguçado e ele se deu conta que não deveria alimentar esperanças vãs em Gabrielle.
Ela diz que adorou conhecê-lo. Ele a beija.
Como eu disse antes, Gabrielle sempre se derrete ao mínimo elogio. Que menina carente! Porém, ela não mexe a boca na hora do beijo... huahuauahahua
Xena e Hercules também se beijam.
A guerreira é muito agradecida a Hercules. Um beijo de despedida, nada mais.
As duas mulheres seguem viagem, enquanto Hercules e Iolaus olham de longe. Gabrielle se vira para dar um último adeus e Iolaus pergunta para Hercules se ele acredita em almas gêmeas. Nesse momento, Xena também se vira e se despede. Ele então responde que sim.
Sim, ele acredita. E talvez acreditasse que a alma gêmea dele fosse Xena. Mas o que vemos é que Xena segue com Gabrielle. Uma força maior não deixa que elas se envolvam mais com eles. Uma força que se consolidará e se fará mais visível.
Repetindo, acho que o sexto sentido de Iolaus é incrível. Ele não diz acreditar que Gabrielle seja a alma gêmea dele. Ele apenas pergunta se Hercules acredita na história.Talvez ele tenha enxergado além e visto a verdade antes que todos nós.


por Math Pitbull

Comentários
5 Comentários

5 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkk...cara, cai na real, elas são só amigas, aff..
    ahuhahuaahuhuahuauhuhhauhahuuhhuhuahuuhauhauhauhahuhuhuhuahauhhuahauhauhahuahauhuaahuhuahauhuahuhuuhaahuhahuhuahuahuahuahuauhuhahuhuahuauhhuahuahuauh

    Tá ótimo o texto, Math, adoreeeeeeeeeei...e eu tava brincando....vc sabe, né??! kkkkkkkkk
    bjoo

    ResponderExcluir
  2. Como foi a história que Gabrielle contou para Iolaus???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Há muito, muito tempo atrás... todas as pessoas tinham quatro pernas e duas cabeças.
      Então os deuses lançaram raios que dividiram todos em dois.
      Cada metade então ficou com duas pernas e uma cabeça.
      Mas a separação deixou ambos os lados com um desejo desesperado de união, porque compartilhavam a mesma alma.
      E desde então, todas as pessoas passam a vida buscando pela outra metade de sua alma."

      Excluir
  3. eu estava desesperada a procura dessa historia.....

    ResponderExcluir

Para evitar comentários com conteúdo chulo e ofensivo, todos serão moderados, certo?

Ѳ Comente pelo Facebook!

Ѳ Mais Vistos