Visão Maintexter: Comentando os Episódios de XWP – Hooves and Harlots


Ao que muitos preferem chamar de subtexto, eu chamo de maintexto.
Para bom entendedor, meia cena basta.


Gabrielle arranja um galho grosso de árvore e diz para Xena que ele lhe servirá como um apoiador ou para matar bichos nojentos. Xena toma o bastão improvisado e faz uma pequena exibição de suas habilidades.
Xena só queria se exibir para Gabrielle.
Elas seguem por território amazona e são surpreendidas por essas mulheres guerreiras. Xena faz o sinal de paz e Gabrielle segue o movimento. Xena pede para passar em paz pelo território e a Princesa Terreis decide levá-las para ver a Rainha Melosa. No caminho, Gabrielle diz o quanto gostaria de estudar filosofia e história, mas os professores não a consideraram normal.
Do que você está falando, Gabrielle? Primeiro você diz que é diferente de todos e que ninguém te entenderia, e agora vem dizer que não te consideram normal?
Terreis diz para Gabrielle que os primeiros ensinamentos dados às amazonas são sobre história e filosofia e que elas são mulheres que, em outras palavras, lutam pela igualdade com os homens. Gabrielle ouve atentamente e concorda, dizendo ter uma mente aberta.
Agora entendemos o que ela quer dizer. Gabrielle é uma feminista e fica fascinada em saber que não é a única mulher assim no mundo. Pode-se perceber isso nela. Isso responde essa coisa de “não ser normal”. Gabrielle é uma moça à frente de seu tempo, isso é fato. Agora, a questão do “ninguém entenderia” pode parecer obscuro para alguns, mas a hipótese mais cabível é que ela se refere à sua própria identidade (ou sexualidade).
Xena segue mais a frente e uma das amazonas, chamada Ephiny, não tira os olhos dela. Isso irrita a Princesa Guerreira.
Xena e Ephiny se estranham, mas são surpreendidas por um barulho. Xena chama por Gabrielle.
É só sentir que o perigo se aproxima que Xena trata logo de deixar Gabrielle em segurança. E as outras que se danem hahaha
Uma chuva de flechas vem na direção delas. As amazonas sobem nas árvores enquanto Xena defende a si mesma e a Gabrielle, desviando as flechas com a espada. Terreis leva uma flechada e cai. Gabrielle se joga em cima dela para protegê-la. A saraivada de flechas termina e Xena vai ver se o caminho está livre. Enquanto isso, Terreis agradece Gabrielle, dizendo que somente uma amazona protegeria outra e dá para ela seu direito de casta. Ephiny acompanha tudo e fica perplexa. Terreis morre nos braços de Gabrielle e Xena volta.
Xena e Gabrielle chegam à tribo amazona e as observam. O corpo de Terreis é levado para a pira funerária. Melosa agradece à Gabrielle e diz que ela e Xena podem atravessar o território em paz, mas que sejam rápidas, pois as amazonas estão prestes a iniciar uma guerra. Ao ser questionada contra quem seria esta guerra, Ephiny e outras amazonas chegam trazendo Phantes, um centauro filho de Tyldus, o líder. Ele usava flechas iguais a que matou Terreis. As amazonas concluem que ele é o assassino e o prendem.
Xena quer saber o motivo da guerra e Melosa responde que é porque eles querem invadir as áreas de caça das amazonas.
Xena diz para Gabrielle que já lutou contra os centauros. Depois, ela vai ver Phantes e conversa com ele.
Em outra cabana, um guerreiro chamado Krykos conversa com Melosa e diz que não tem interesse na guerra entre as amazonas e centauros. Xena chega e ele vai embora. Ela diz para Melosa que não acredita que Phantes seja o assassino e pede para que as amazonas não entrem em guerra. Melosa diz que Phantes será morto no dia seguinte ao meio dia pela espada de Terreis.
Xena decide ir falar com Tyldus. Gabrielle é abordada por Melosa que lhe diz que o direito de casta faz dela uma amazona e como Terreis era a Princesa, Gabrielle agora seria a próxima na sucessão.
Xena chega ao acampamento de Tyldus e é surpreendida por um centauro. Ela se defende e ele se machuca. Os outros chegam, mas Tyldus suspende o ataque. Xena ajuda o centauro ferido e toma a faca de um dos homens que acompanham os centauros para furar o peito do jovem, colocando uma das costelas que havia perfurado o pulmão dele no lugar.
As amazonas vestem Gabrielle com as roupas de Terreis. Ephiny chega para treiná-la e Gabrielle escolhe o bastão como arma.
Xena tenta convencer Tyldus a não entrar em guerra, mas ele diz que não deixará seu filho morrer. Ephiny vai ver Phantes e ele diz que não matou Terreis.
Durante a noite, Xena volta ao local do ataque e é surpreendida por Ephiny. Elas lutam em cima das árvores e a amazona cai. Um centauro chega para atacá-la, mas Xena a salva. Ephiny decide matá-lo, mas Xena não permite. Elas fogem e conversam. Xena diz que é o guerreiro Krykos o culpado pela morte de Terreis. Ela descobriu isso observando as pegadas.
Gabrielle tenta aprender as tradições amazonas e Melosa entrega para ela a espada de Terreis, dizendo que ela deverá vingar a morte da amazona matando o assassino com a espada.
Xena e Ephiny vão ao acampamento de Krykus. Xena encontra uma faca igual àquela que ela usou para ajudar o centauro, enquanto Ephiny encontra, em outra tenda, flechas iguais a que matou Terreis. Tendo as provas de que precisam, elas fogem rumo de volta para a tribo amazona.
No outro dia, Gabrielle se nega a matar Phantes, mas Melosa a obriga. Porém, Xena e Ephiny chegam antes disso acontecer.
Xena dá uma bela olhada em Gabrielle, que está com roupas de amazona. Eu precisava comentar isso hahaha
Bem, Melosa não acredita na prova que Xena apresentou e decide matar o centauro. Xena lança um desafio, mas Melosa diz que somente uma amazona pode desafiá-la. Então, Gabrielle lança o desafio, mas se arrepende ao saber que se trata de uma luta até a morte de uma das partes. Ephiny intervém dizendo que Gabrielle deve escolher uma arma ou um campeão. Ela escolhe Xena e Ephiny lhe dá as coordenadas. Gabrielle se intromete na conversa e Ephiny pergunta para Xena como ela consegue agüentar aquela garota irritante. Gabrielle responde dizendo “Ela me tolera muito bem!”
Hehehehe Xena se diverte com o que acabara de ouvir. Ela não diz nada, mas a cara que ela faz é ótima. Como quem diz: “Eu adoro ser irritada por esta baixinha”
Ela luta contra Melosa, que perde. Xena não a mata e pede sua ajuda. Os centauros chegam, mas Xena e as outras se rendem. Ela diz que é Krykus o responsável pela morte de Terreis e mostra a faca que ela pegou. O homem que tinha uma faca igual é descoberto e foge. Amazonas e centauros se unem e saem em busca de Krykus.
Uma guerra se inicia entre os homens de Krykus contra as amazonas e centauros. Gabrielle desenvolve muito bem seu aprendizado com o bastão e acerta alguns homens. Xena mata o traidor e Melosa captura Krykus.
Centauros e amazonas passam a viver harmoniosamente. Tyldus agradece Xena por salvar a vida de seu filho. Gabrielle conta aventuras vividas por ela e Xena para Ephiny e Phantes, que se enamoraram. Enquanto eles comentam para Xena que já ouviram várias histórias, ela não tira os olhos de Gabrielle.
Vejo que não são apenas Ephiny e Phantes os enamorados em cena. Xena olha em pleno estado de contemplação para Gabrielle enquanto eles falam.
Ephiny, que até o momento, era uma amazona um tanto sarcástica, diz entender porque Xena andava montada a cavalo.
Ou seja, em outras palavras, Ephiny estava querendo dizer que não entendia como alguém como Xena andava acompanhada por uma barda irritante como Gabrielle.
Porém, Xena nada diz. Ela apenas continua naquele estado de contemplação inicial. A Princesa Guerreira estava em transe.  Depois daquele último abraço em Death in Chains, Xena estava se surpreendendo mais e mais com Gabrielle. A garota aprendera a se defender, enfim. E também vê-la naqueles trajes justos de amazona foi desconcertante.
Ephiny pega o bastão que sua mãe deu a ela e o entrega para Gabrielle, dizendo que quer que ela fique com ele. Daí surge uma grande amizade.
Xena e Gabrielle vão embora e a barda diz que todo o ocorrido com elas daria uma ótima história.
Sim, Gabrielle, você estava certa. A história é realmente fantástica!

clique na imagem para ver no tamanho original



por Math Pitbull

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para evitar comentários com conteúdo chulo e ofensivo, todos serão moderados, certo?

Ѳ Comente pelo Facebook!

Ѳ Mais Vistos