Xenite de Alma e Coração (e Corpo)


Amorim, um dos autores deste blog e também um dos melhores criadores de tirinhas xenites que eu conheço. 
Não bastasse isso, é ainda um cara hiper inteligente, com grandes idéias, um xenite verdadeiro e grande amigo.
Recentemente criou coragem e tatuou o chakram de nossa guerreira no braço, eternizando todo o amor e admiração que tem por Xena e a série.
E diante deste xenite ao qual reverencio em sinal de admiração e amizade, fiz uma pequena entrevista que se segue:


3 de setembro de 2011

Cidade: Rio das Ostras - RJ - Brasil
Idade: 18

"Estou muito agradecido pela atenção que o Matheus resolveu me dar. Será um prazer responder as perguntas. Muito Obrigado mesmo! Espero me expressar da melhor maneira possível."

Amorim.


1 – O que exatamente fez de você um Xenite?
R: Bem... Tudo começou nos anos 90 no SBT. Xena foi o primeiro personagem que eu vi ressuscitar... Anos mais tarde uma amiga minha assistia bastante e por eu frequentar a casa dela sempre via alguma coisa até eu resolver acompanhar a série de vez. E cada vez eu fui me envolvendo mais até cruzar a passagem para o Universo Xena.

2 – Você assiste a série frequentemente? Quais seus episódios favoritos e por quê?
R: No natal de 2010 ganhei todos os episódios de presente, desde então estou assistindo tudo de novo, mas só quando tenho tempo disponível. Episódios preferidos: (Ordem que fui lembrando, não necessariamente seja preferência):
“Sacrifício”, “A comedy of Eros”, “Girls just wanna have fun”, “Se o sapato couber”, Trilogia “Destiny+The Quest+A necessary evil”, “Motherhood”, “Between the lines”, “Motherhood”, “The Deliverer”, “Matternal Instints”, “Batalha das bandas”, “Idos de Março”,... Parei por aqui, percebi que tô escrevendo nomes dos episódios que eu lembro o nome e que gosto muito, não os que eu “gosto mais”.

3 – O que te levou a querer tatuar o chakram de Xena? Como foi esta experiência e como está sendo a repercussão?
R: Gosto de tatuagens, queria fazer algo relacionado a série. Um chakram é um desenho bacana além de simbolizar muito bem a Xena, além disso “Between the lines” me inspirou também. Tive uma experiência ruim com minha mãe Hauuahauhauauha. E acho que já deveria ter feito há mais tempo.



4 – Pretende fazer mais alguma tatuagem referente à série? Qual e onde?
R: Pretendo fazer o outro chakram, no outro ombro, talvez cruzado com os sais. As espadas do Joxer e da Xena me interessam também, mas a espada da Xena parece ser difícil de desenhar, tenho medo de arriscar.

5 – Entre seus amigos do dia a dia e família, encontram-se mais xenites? Qual é a reação das pessoas ao saber que você é um xenite?
R: Meus parentes levam numa boa, meu pai que era mais chato com isso mas já me resolvi com ele. Algumas pessoas me respeitam, outras zoam. Não costumo falar muito da Xena, só quando “surge a oportunidade” mesmo. Mas há muita gente que não gosta de Xena e me zoa que me faz lembrar dela, e me faz falar dela.
        
6 – Você cria tirinhas fantásticas e escreve textos interessantes, além de estar criando uma série de fanfics. Pode nos adiantar o teor dessas histórias?
R: Comecei duas fanfics, mas não terminei. A primeira é assim: “Xena, Joxer e Gabrielle em Athenas. Joxer pede que Aphodite faça com que Gabrielle perceba o amor que sente por ele através de um incentivo encantado. Joxer tem até o pôr-do-sol pra conquistar Gabrielle 100%. Essa se passa na quinta temporada, Xena grávida. Pretendo colocar o final Xena se declarando pra Gabrielle depois de ela aceitar se casar com Joxer e Aphrodite interferindo confessando que não colocou feitiço nenhum. Gabrielle beijando Joxer com carinho quando Meg chega na Hora H e se declara pra ele. E no final deixar aquele ar de “Foi Xena que se declarou ou era Meg fingindo ser Xena?”. Mas pode haver cortes e mudanças... (se eu conseguir terminar)
A outra seria sobre a Xena mais nova, com Lyceus. Algo mais haver com aventura e amizade fraterna mesmo. Xena saindo pra pescar com Lyceus e Toris os levando. Lyceus se perde e cai num buraco tipo poço. Toris covarde, Xena corajosa salva Lyceus. Queria botar bastante mentira e absurdo pra divertir. E se a imaginaçao permitir, ir contando a história da Xena até a morte de Lyceus.

7 – Quais seus projetos futuros dentro do Universo Xenite?
R: Fazer um vídeo com a música “O mal que está em seu sangue”, Fazer tirinhas, Tatuar o outro chakram, ir a outros Encontros Xenites, terminar as fanfics, Ler as temporadas virtuais e HQs... etc

8 – Qual o maior ensinamento da série para você? Aquele que você usa no seu dia a dia?
R: Tenho muita dificuldade pra responder perguntas assim, mas...  As lições de amor e amizade, pois são os sentimentos mais fortes. Xena e Gabrielle venceram e superaram muitas coisas graças a ele...

9 – Cite uma frase dita na série com a qual você mais se identifica:
R:  “‎‎É mais fácil acreditar em si mesmo depois que alguém acreditou em você primeiro!”
 (Problemas com auto-estima)



Este é Amorim, despojado, sincero, um verdadeiro xenite! 
Amorim, agradeço muito por você se predispor a conceder esta pequena e simples entrevista, a qual é muito pouco para mostrar a pessoa incrível que está por trás dessas respostas e fotos. Valeu, irmão!

Conheça mais sobre este homem pensante (muito pensante) que é o Amorim!
Acesse o banner abaixo!!






por Matheus Roberto

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Opa!
    Que isso?
    Eu que te agradeço por essa moral toda...
    HAUHAUHAUAH Eu li aqui, a parada ficou mó formalizada... nem precisava. Somos amigos!

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Escrevi para os leitores e gosto de ser formal com eles hehehe
    E a moral é mais que merecida, cumpadi! (agora sem formalidades hahaha)

    ResponderExcluir

Para evitar comentários com conteúdo chulo e ofensivo, todos serão moderados, certo?

Ѳ Comente pelo Facebook!

Ѳ Mais Vistos