Visão Maintexter: Comentando os Episódios de XWP – Beware Greeks Bearing Gifts


Ao que muitos preferem chamar de subtexto, eu chamo de maintexto.

Para bom entendedor, meia cena basta.



Helena, a Rainha de Tróia, está dormindo e sonha com um guerreiro de rosto coberto que entra em seu quarto e mata todos os soldados que lutam para defendê-la. Paris, seu marido, não dá importância para seus sonhos e então ela pede para que seu homem de confiança leve uma mensagem à Xena.
Xena e Gabrielle caminham rumo a Tróia, mas Xena não pretende parar por lá por causa da guerra dos troianos contra gregos. Elas avistam um homem sendo atacado e correm para ajudá-lo. Elas lutam contra os homens que o atacaram, cujos rostos estão cobertos, e Xena acerta um deles no rosto com a espada, fazendo-os fugir. O homem que fora atacado encontra-se moribundo no chão e antes de morrer ele entrega a mensagem de Helena para Xena.
Xena e Gabrielle chegam a Tróia e são atacadas por gregos em tocaia. Perdicas, um guerreiro de Tróia, as reconhece e fornece ajuda, fazendo-as entrar na fortaleza.
Em segurança, Gabrielle reconhece o soldado que as ajudou. Trata-se de seu ex-noivo. Xena não se lembrava dele e se impressiona com o fato de ele agora ser um guerreiro.  
Bom, antes de saber quem ele era e perceber que ele e Gabrielle se conheciam, ela pergunta com ar surpreso e com uma ponta de ciúmes “Vocês se conhecem?”, como se o seguinte pensamento passasse por sua cabeça “O que eu ainda não sei sobre essa barda? Quem será esse cara?”
Então, ao saber que Perdicas era o noivo, aquele que Gabrielle trocou por ela, Xena logo diz a ele: “Eu pensei que você fosse um fazendeiro.” Essa frase soou como “O desgraçado tornou-se guerreiro apenas por inveja de mim.” Ou algo nesse sentido.
Gabrielle, por sua vez, ficou impressionada com a mudança do rapaz. Agora ele também usava couro (coisa que ela adora) e tornou-se um rival a altura de Xena. Na verdade, Gabrielle sempre diz não gostar de matanças, guerras e blá blá blá, mas se tem algo que a excita é ver guerreiros em ação. Essa foi a razão mais forte que a fez se apaixonar por Xena, sem dúvida. Mas como Xena é muito lenta, Gabrielle vê em Perdicas, agora guerreiro, duas possibilidades: ou ficar com ele e esquecer Xena ou usá-lo para chamar a atenção da guerreira.

Dúvidas

Enquanto isso, o Rei Menelaus, inimigo de Tróia que deseja tomar Helena para si, conversa com um homem encapuzado. Ele é informado sobre a presença de Xena em Tróia e diz para que o tal homem livre-se dela.
Em Tróia, Perdicas se anima com a presença de Xena, que diz que está lá para lutar se for preciso. Ela diz que vai ver Helena e Paris e completa dizendo que Gabrielle e Perdicas têm muito para conversar.
Mesmo sentindo ciúmes, Xena sabe que eles tiveram uma história. Ela sabe que Gabrielle abandonou Perdicas sem dar-lhe explicações e que ele tinha o direito de ouvir algo dela. Ela percebeu o quanto Gabrielle ficou, digamos, animada com a nova versão do rapaz e queria ver como essa história iria acabar.
Porém, quando Xena sai, Gabrielle demonstra que não queria ficar a sós com ele. Por duas razões: a primeira por ter receio em sentir algo por ele. Afinal, ela o conhece desde a infância e tem mais afinidades com ele do que com Xena até o momento. A segunda razão é por culpa. Ela se sente culpada por ter abandonado Perdicas e também por ele ter se tornado um guerreiro.
Os gregos lançam um ataque à fortaleza e Perdicas assume o comando da defesa. Deiphobus, comandante das tropas e irmão de Paris o repreende por ter aberto as portas para Xena, que é grega, e fica irritado ao saber que ela foi ver Paris e Helena.
Xena conversa com Helena e esta diz que pensa em se entregar para Menelaus afim de que a guerra termine. Xena diz que ela deve permanecer com Paris que a ama, mas Helena revela que ele só pensa em vencer a guerra, nada mais. Deiphobus e outros soldados chegam e Helena os repreende. Todos vão de encontro a Paris.
Gabrielle diz à Perdicas que ele não deveria ter entrado pra vida de lutas e ele retruca dizendo que enfim encontrou seu lugar.
Para Gabrielle é mais fácil lidar com Perdicas fazendeiro (aquele pelo qual ela nunca sentiu nada) do que com Perdicas guerreiro (o homem forte que porta uma espada e veste couro).
No templo existente no reino de Tróia, Deiphobus tenta convencer Paris a não acreditar em Xena quando o homem que ela feriu na estrada se apresenta. Eles se reconhecem e Xena diz que ele matou um troiano. Deiphobus mata o sujeito e Xena passa a desconfiar dele, uma vez que matando o homem eles não obterão informações. Paris decide por aceitar Xena em Tróia.
Gabrielle diz para Perdicas que ele só se tornou um guerreiro por culpa dela e ele diz que foi uma escolha dele. Um novo ataque dos gregos interrompe a conversa e Perdicas mata um homem. Gabrielle olha incrédula para seu feito.
Chego até a acreditar que ela pensa o seguinte: “Perdicas sabe que o deixei para seguir Xena e então ele quis se tornar um guerreiro como ela.” Praticamente a mesma coisa que Xena pensou no início.
Xena vai até a muralha e encontra Perdicas. Ele a agradece por ela ter cuidado bem de Gabrielle. Ela apenas diz que não precisa agradecer, pois a garota é como se fosse de sua família e trata logo de mudar de assunto.
Ou seja, Xena tem medo do que possa ouvir de Perdicas. Ela não quer saber nada sobre o que eles conversaram e muda de assunto antes que ele se ponha a falar sobre isso.
Xena pergunta sobre Deiphobus. Na verdade Perdicas não sabe muito a respeito dele e Xena decide não fazer-lhe mais perguntas. Gabrielle chama por ela e Perdicas as deixa a sós.
Quando Perdicas se volta, Xena dá uma bela encarada nele. Claro, ciúmes.
Xena diz para Gabrielle não se preocupar com Perdicas, pois ele é um bom soldado.
Xena, que é uma tartaruga, mas não estúpida, sabe que Gabrielle se sente culpada e por isso a tranqüiliza. Porém, eu senti uma certa ironia no tom de voz dela.
Xena diz para Gabrielle o que Helena pretende fazer e que algo está errado. Ela pede para que Gabrielle fique em companhia de Perdicas e que isso a tranqüiliza.
Note que Xena sai com uma expressão nada boa. Desta vez, Xena não mediu as conseqüências. Na intenção de proteger Gabrielle, ela joga a garota nos braços de seu rival. Por outro lado, Gabrielle ainda não percebeu que Xena vive um dilema com relação a ela e acredita que talvez Perdicas possa ter uma atitude diferente.
Helena tenta fugir para se entregar a Menelaus, mas Xena a impede. Elas vêem Deiphobus deixando a fortaleza através de uma passagem secreta e o segue, descobrindo assim que ele está unido a Menelaus contra Paris.
Xena retorna e diz para Helena e Paris que viu Deiphobus conspirando com Menelaus. Ele chega neste momento dizendo que estava fazendo um acordo de paz e não conspirando. Soldados se apresentam e um deles diz que os gregos desistiram da guerra e que enviaram um presente para simbolizar a paz. Deiphobus convence Paris de que Xena estava do lado dos gregos e este manda prendê-la.
Os portões de Tróia são abertos e os soldados pegam o cavalo de madeira dado como presente. Eles comemoram durante toda a noite.
Pela manhã Xena foge da prisão.
Gabrielle e Perdicas caminham pela cidade enquanto os outros se encontram ainda dormindo devido à bebedeira da noite passada. Gabrielle sente falta de Xena.
Por mais entretida que ela possa estar com Perdicas, o pensamento dela está focado em Xena.
Soldados gregos, que estavam escondidos dentro do cavalo de madeira, saem e começam a atacar. A guerra recomeça. Menelaus e o exército grego entram na fortaleza e os soldados troianos são facilmente derrotados. Xena, Gabrielle e Perdicas se defendem. Enquanto Xena vai buscar Helena, os outros dois levam as pessoas da cidade para o templo. Perdicas diz para Paris que a rendição dos gregos foi um truque. Xena encontra Helena e a leva para o templo.
Menelaus ordena que seus soldados encontrem Helena e destruam toda a cidade de Tróia, exceto o cavalo de madeira. Os gregos tentam arrombar as portas do templo. Perdicas diz para Gabrielle que todo o exército grego está do lado de fora. A morte passa por suas mente e então um começa a pedir desculpas ao outro, o que termina num beijo iniciado por ela.
Diante da confusão existente na cabeça de Gabrielle e imaginando que ela e todos naquele templo poderiam morrer, ela beija Perdicas em sinal de despedida. Ela poderia ter feito o mesmo com Xena, mas a guerreira estava tão concentrada apenas na segurança de Helena que nem surgiu chance. Gabrielle percebeu a preferência de Xena por Helena. Desde que seguiam juntas, Xena nunca havia se descuidado tanto de Gabrielle como agora. Isso a fez acreditar que ela não tinha nenhuma chance com Xena e que Xena estava a empurrando para Perdicas de propósito para se livrar dela.
Detalhe: Xena não estava por perto na hora do beijo.
Paris pede desculpas à Helena quando um homem surge na porta dos fundos. Uma visão idêntica a que ela teve em seu sonho. Era Deiphobus. Ele mata Paris e leva Helena com ele, para possuí-la.
Ao perceber que a porta será arrombada pelos gregos, Gabrielle vai à procura de Helena e Paris e volta dizendo que ele está morto e que ela sumiu. A porta se abre e Xena cria uma nuvem de fumaça, permitindo que as pessoas presentes no templo fujam.
Tróia foi completamente destruída e Menelaus resolve ir embora enquanto seus soldados retiram o cavalo de madeira. Xena e os outros estão dentro do cavalo e saem. Os soldados, em menor número, fogem. Xena diz à Gabrielle que vai em busca de Helena.
Repare: Perdicas está indo em direção de Gabrielle quando ele vê que Xena chega até ela primeiro. Ele pára de supetão e fica olhando para os lados, como que disfarçando. Afinal, a luta já estava ganha e não havia porque ele fazer isso. Será que Perdicas percebeu o mesmo que Iolaus??


Xena encontra Helena e Deiphobus. Ela luta contra ele, derrotando-o.
Perdicas se despede de Gabrielle dizendo que não espera nada dela.
Alguém consegue entender esse cara? Primeiro ele diz que encontrou seu caminho: o da espada. Depois ele dá todos os indícios de que não quer nada com Gabrielle. Não é o que veremos mais tarde...
Entretanto, creio que ele decidiu não ficar com ela naquele momento por ele ter percebido algo no ar entre ela e Xena.
Detalhe: Xena não estava por perto na hora do beijo (de novo). Gabrielle apenas beija alguém quando Xena não está presente.
Bom, Gabrielle parece triste ao ouvir essas palavras. Ele a beija em sinal de despedida e vai se despedir de Xena. Gabrielle solta um suspiro perdedor.
O que passou pela cabeça de Gabrielle o episódio inteiro? Continuar seguindo com a incógnita Xena, ou seguir com Perdicas, alguém que ela conhece de longa data. Uma situação dessas seria difícil para qualquer pessoa. Não sabemos ao certo se ela optou por ele, mas é fato que ela ficou mexida ao reencontrá-lo tão diferente. Couro por couro, melhor ficar com aquele que você já conhece, não é? Provavelmente foi o que ela pensou em fazer, mas ele percebeu o quanto ela estava confusa e decidiu seguir sozinho.
Helena pede para seguir com Perdicas e eles vão embora. Xena (finalmente) olha para Gabrielle e vai até ela com um leve risinho no rosto.
Por que??
Elas seguem caminhando e Xena diz para Gabrielle que pensava que Perdicas seguiria com elas e a garota diz que ele tinha outros planos.
Apenas mais uma ironia de Xena dizer isso.
E Gabrielle não consegue quem ela quer e perde o outro que a queria. Ao contrário dela, Xena demonstra alegria.
Resposta da pergunta anterior: alívio.
Xena não revela seus sentimentos, mas também não quer perder Gabrielle. E repare: Gabrielle não olha para Xena enquanto elas conversam. Vergonha? Sim, vergonha. No fundo ela sabia que estaria fazendo a coisa errada caso ela seguisse com Perdicas. É por isso que ela não olha para Xena. Mas só esclarecendo: não foi por vergonha de Xena, e sim de si mesma. Ela faz de tudo pra se aproximar da Princesa Guerreira e por um momento pensa em jogar tudo para o alto. Vergonha e um tanto de arrependimento.
A garota sugere que elas levem o cavalo de madeira e Xena diz que elas podem levá-lo, desde que seja Gabrielle quem o puxe. Gabrielle dá um risinho e o episódio termina.
Xena tem muitas maneiras para seduzir e uma delas é o sarcasmo, mesmo que às vezes ela faça isso inconscientemente. Porém, foi isso que fez com que Gabrielle finalmente olhasse nos olhos dela. Em outras palavras, quebrou o gelo. Aquele clima tenso vindo da parte de Gabrielle se dissipou. As duas seguem viagem e Xena esboça um belo de um sorriso na cena final.
Um lado de Xena quer muito Gabrielle, mas ela tem um outro lado que a impede. Quem assistiu toda a série, sabe disso. No passado, Xena passou por uma situação parecida e concluiu que garotinhas apaixonadas por ela não era algo bom. Isso ficou em seu subconsciente. E agora, como extrair isso?
Veremos o desenrolar dessa história nos próximos episódios. 



por Math Pitbull


Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Para evitar comentários com conteúdo chulo e ofensivo, todos serão moderados, certo?

Ѳ Comente pelo Facebook!

Ѳ Mais Vistos