Visão Maintexter: Comentando os Episódios de XWP - Death Mask

clique nas imagens para ampliar

Ao que muitos preferem chamar de subtexto, eu chamo de maintexto.
Para bom entendedor, meia cena basta.


Gabrielle questiona como Xena consegue apanhar flechas no ar quando um homem mascarado atira uma flecha e ela consegue apanhá-la com seu cajado, o que a deixa impressionada com si mesma. Este homem avança contra Xena e eles lutam. Um outro surge atacando Gabrielle, mas ela o detém. Xena reconhece a máscara e quer saber quem é o chefe desses homens. Ao saber que se trata de Cortese, o homem que atacou Amphipolis e causou a morte de Lyceus, Xena decide procurá-lo.
Preciso comentar isso: ao ver que Gabrielle dominou o homem, Xena fica tão contente! Linda cena! Gabrielle está evoluindo, para o orgulho da Princesa Guerreira! Hehe


Homens de Cortese atacam uma aldeia. Xena enfrenta-os e os detém. Gabrielle salva a vida de uma menina. Os homens fogem e um deles reconhece Xena. Ele diz para Malik, líder do exército, quem ela é. Ao saber sobre Xena, Cortese diz que foi ele quem a criou.
Xena e Gabrielle caminham enquanto a segunda fica se vangloriando por ter pegado a flecha.
Novamente Xena demonstra divertir-se. Não há outra pessoa no mundo capaz de provocar em Xena essas expressões despreocupadas. Apenas Gabrielle. Fato!


O homem que reconheceu Xena aparece e retira a máscara. Trata-se de Toris, o irmão mais velho de Xena.
Toris revela que se uniu ao exército de Cortese com a intenção de matá-lo e quer Xena fora disso. Ela diz que pretende fazer justiça, mas não assassinando Cortese.
Nesse momento, Xena pede para que Gabrielle se retire, para que ela possa conversar a sós com Toris. Ao sair, Gabrielle afaga rapidamente o braço de Xena, como quem diz “Não discuta com ele, pois é seu irmão”.
Diante do grau de intimidade que já há entre as duas, Gabrielle se vê com o direito de intervir em assuntos familiares de Xena. Você está certa, Gabrielle!


Toris e Xena discutem e ele a culpa pela morte de Lyceus. Gabrielle retorna.
É óbvio que ela estava ouvindo a conversa e resolveu voltar ao perceber que os ânimos deles estavam exaltados.
Xena diz para Gabrielle procurar a mãe da menina que ela salvou e ficar na casa dela. A garota diz que ficará ao lado de Xena e, ao sair, pede desculpas à Toris por ele ter presenciado aquela pequena discussão.
Enquanto Gabrielle fala, Xena se diverte. Ela não imaginava que Gabrielle fosse tão senhora de si.
Por outro lado, Toris percebe o que acontece entre as duas. Ele não é estúpido ao ponto de não perceber.


Toris retorna ao acampamento de Cortese carregando Xena amarrada. O plano é fingir que ele a capturou. Malik manda Toris embora, dizendo que foi ele quem capturou Xena, e a coloca dentro de sua tenda. Enquanto eles discutem, ela se desamarra. Malik pretende abusar de Xena, mas ela o leva à nocaute.
Ela retorna e diz para Toris e Gabrielle que Malik utiliza pombos correio com o símbolo real nos pedaços de pergaminhos enviados. Toris conclui que Cortese tem um espião no castelo do rei. Xena decide entrar no castelo e, apenas com um olhar, diz para Gabrielle ficar fora. A garota segue para a aldeia onde salvara a menina.
Mais uma vez Xena se diverte com a reação de Gabrielle. É lindo de se ver! Hahaha


Xena e Toris chegam ao castelo e são levados pelo líder da guarda real até o rei. Este se apresenta e trata-se do próprio Cortese. Ele consegue escapar e Toris e Xena fogem do castelo.
Toris segue sozinho até o acampamento de Cortese. Xena vai até lá e o encontra amarrado e machucado. Os homens de Cortese chegam e ameaçam matar Toris. Xena se rende e eles são levados para o castelo como prisioneiros.
Xena diz para o chefe da guarda real que Cortese e o rei são a mesma pessoa. Ela e Toris se libertam e tomam o homem como refém.
Ao saber que Xena e Toris estão no castelo, Gabrielle segue para lá.
Xena em perigo? Lá vai Gabrielle!
Xena envia um pombo correio para Malik, dizendo que é para o exército de Cortese atacar o castelo.
Xena captura Cortese e o leva para fora do castelo. Os homens dele chegam e lutam contra Toris e Gabrielle, que também chegara nesse momento. Xena solta o líder da guarda real e ele vai chamar o exército. Com a chegada deles, a batalha pára. A verdadeira identidade de Cortese é revelada. Malik quer vingança, mas o chefe da guarda o mata.
Toris ainda quer matar Cortese, mas não consegue.
Toris diz que voltará para Amphipolis e a convida para ir com ele. Xena diz que ela e Gabrielle estão seguindo em outro sentido. Ele diz compreender. Eles se despedem e o episódio termina.
Ao longo do episódio, Toris não estava confortável com a presença de Gabrielle. Depois ele diz compreender. Ou seja, assim como Lila, ele também não gostou muito da idéia de ver sua irmã seguindo em outro sentido (como a própria Xena disse), mas no fim ele entende.
Em Sins of the Past Xena faz as pazes com Cyrene, então não há outra razão para ela não querer visitar sua mãe, a não ser pelo fato de ela ter receio que Cyrene saiba sobre ela e Gabrielle e o que ela poderá pensar. 



por Math Pitbull

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para evitar comentários com conteúdo chulo e ofensivo, todos serão moderados, certo?

Ѳ Comente pelo Facebook!

Ѳ Mais Vistos