Xena e Gabrielle da Vida Real - Almas Gêmeas



Quando pensamos em almas gêmeas logo vem à mente de alguns a sensação de que as possibilidades para encontrarmos esse amor perfeito são extremamente remotas, mas ainda assim acreditam e esperam ansiosamente por este encontro. Já para outros essa história de almas destinadas a ficarem juntas não existe. 
Porém, diante da história que se segue, fica difícil não acreditar que, em algum lugar, há alguém a nossa espera. E que, se não for nessa vida, um dia, em algum lugar, essas duas almas se encontrarão e ficarão juntas. Haline e Beatriz que o digam!

Essa é a história delas, nas palavras de Haline:


" Oi! Então eu vou contar pra vocês o porquê eu sou tão fã de Xena e porque a minha história é tão parecida. 

Há 4 anos atrás eu conheci uma menina. E eu conheci essa menina sem mais nem menos. Ela estava visitando um blog que eu tinha e resolveu me procurar. Não sei como, ela me achou no Orkut (que eu tinha e não tenho mais).


Até hoje ela se pergunta como foi que ela fez aquilo e o porquê, mais nós já sabemos.

Enfim, ela entrou no meu Orkut e eu add ela e desde aquele momento a minha vida mudou. 
Olha, sem brincadeira, Almas Gêmeas existem sim!


Quando eu olhei a foto daquela menina, meu coração disparou, e até hoje eu mesma não sei como explicar a sensação que eu senti. O tempo foi passando e eu recusei várias vezes de adicioná-la no MSN porque eu sabia que algo estava errado comigo (pois nunca tinha sentido isso por uma mulher, e muito menos por uma que eu não conhecia). Até que eu adicionei. E tremi! Meu corpo tremeu, e eu sabia que ela não era uma simples menina.


O tempo foi passando e nós viramos melhores amigas. As melhores amigas do mundo, companheiras de todas as horas.
Eu fui percebendo que aquele jeito meigo de menina me incomodava a mente. Imagine você que já teve relacionamentos com pessoas do sexo oposto, do nada aparece uma pessoa do mesmo sexo que te deixa completamente sem ação? Foi assim.

Muitas vezes fui grossa com ela, muitas vezes não atendia ao telefone, e muitas vezes eu temia porque eu sabia que aquilo não era mais amizade. Eu estava sentindo que a minha melhor amiga, na verdade era o amor da minha vida.

Mas aí como eu ia chegar pra ela e dizer: Olá Bia, eu estou apaixonada por você!! 
Não ia dar certo. No máximo, ela ia me chamar de louca e por mais educada e doce menina que ela sempre foi ela ia me mandar me ferrar.


Enfim, eu resolvi me afastar. E dei tempo ao tempo. 
Mas quem disse que ela me deixava? Ela ia atrás de mim, me caçava e eu ficava encabulada, e eu ficava irada porque eu simplesmente não entendia. Muitas vezes eu a tratei mal, justamente pra ela me deixar, mas ela não me deixava, sempre estava comigo.


O tempo foi passando e eu sentindo que eu estava amando a minha melhor amiga como mulher. Meus ciúmes começaram a me cegar e muitas vezes eu a excluía de sites de relacionamentos que eu tinha. Mas ainda assim a figurinha ia atrás de mim e eu achava que ela era louca e que estava me deixando louca.
Enfim, pensei: Ela é minha melhor amiga e não me ama e eu sou louca porque estou confundindo as coisas e relaxei.

Eu sempre fui bruta nas palavras, e ela sempre me ensinava que eu devia mudar meu jeito (olha que loucura, ela é mais baixa que eu, 10 anos mais nova, e ama poesias). E pra piorar ainda mais eu luto Kung Fu. Que loucura né??
 
Estão entendendo o porquê eu me identifico? 


Enfim, o tempo foi passando e ela me dava a entender que estava sentindo a mesma coisa, ela me dizia coisas tão lindas que eu babava, a verdade é essa. As coisas que ela me escrevia me levavam ao céu, e eu estava pirando e muitoooo. (Sem noção)!!
Até que eu não agüentei e contei (na verdade, eu contei por e-mail, porque eu sabia que se eu levasse um não, seria por escrito, e eu sofreria menos). No e-mail eu dizia pra ela que, se ela não sentia a mesma coisa que eu, não era pra ela me responder porque eu já saberia a resposta. Mas ela respondeu o e-mail mais lindo, com o assunto assim: NÃO DESISTA DE MIM!

Quando eu li aquilo, eu juro, meu coração foi na boca e minha alma parecia pular, sair do corpo, porque eu tinha ali não mais a minha melhor amiga e sim o amor da minha vida.


Depois daquele e-mail, as coisas que antes não tinham explicação pra mim e pra ela foram se encaixando. Como por exemplo, coisas que quando eu ainda criança sentia, porque ela passava por certas coisas e inexplicavelmente eu sentia. Situações na minha vida que ninguém sabia, ela sabia. E aí eu pergunto: Como isso? Pra todos é impossível! 

Olha, hoje, depois de tudo, estamos juntas como era pra ser. 
Ela sempre esteve comigo, mesmo que distante ela sempre esteve comigo. Sonhos que eu tinha, ela tinha igual, sem exagero, estou falando a verdade. Quando ela não está bem, eu sinto. Quando eu não estou bem, ela sente. Houve noites em que até escutei ela me dar boa noite (moramos distantes) e no dia seguinte ela me perguntar o que é que foi que eu tinha respondido pra ela. Uma ligação que nós acreditamos que é uma ligação de almas. E muitas vezes ela mesma me dizia ser minha alma gêmea (ainda sendo minha melhor amiga).


Ela não conhece Xena, não conhece a história, na verdade ela só viu um episódio.
Enfim, estou contando a minha história, pra dizer que a história de Xena e Gabrielle, por serem almas gêmeas, é parecida com a minha. (Eu fui conhecer a história de Xena há 1 ano meio atrás, foi por isso que eu virei fã).

Eu sempre achei que alma gêmea não existia. Eu achava que isso só acontecia em seriados e histórias de amor de filmes e novelas. Mas quem encontra a sua alma gêmea sabe e sente que existe. Quando você encontra a sua alma gêmea, você não só sente amor, você sente a pessoa constantemente. E eu sentia a minha alma gêmea desde a minha infância e vice-versa.


Hoje estamos juntas, somos melhores amigas, amantes, namoradas, e almas gêmeas. 
E eu agradeço a Beatriz por ter me ensinado essas coisas. Principalmente a amar. Porque antes dela eu não sabia o que era amor de verdade. Hoje sou mais romântica, mais carinhosa, meu jeito de ser é completamente dela. E é por ela que eu vivo cada segundo da minha vida. E é por ela que eu estou mostrando pro mundo a minha história. E é por ela que eu morro se assim for. Porque ela é o meu verdadeiro amor.


Pra terminar. A nossa luta não é com espadas, nem com bastões. A nossa luta é contra o preconceito das pessoas que não entendem o que é o verdadeiro amor. E ele pode ser o seu melhor amigo (a) e você nem sabe. A sua alma gêmea (aquela que você sabe que sempre esteve com você e sempre vai estar).

Obrigada pela oportunidade!
Beijos
Haline e Beatriz, amor eterno!


PS: Fizemos dia 16/11/2011 SEIS MESES DE NAMORO. Os melhores 6 meses depois de ter revelado pra ela o meu amor. De 4 anos de amizade, são 6 meses de namoro.


A minha melhor amiga, o meu melhor amor, a minha alma gêmea. " 



Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. Nossa, que lindo! Pena que é raro nós encontrarmos nossas almas gêmeas.

    ResponderExcluir
  2. Márcia você tem razão, hoje em dia é dificil de encontrar a nossa alma gêmea, isso porque ás pessoas estão desacreditando no amor, todos estão cansados de esperar, mais mesmo com tanta demora temos que esperar, não podemos abrir mão da nossa felicidade só porque ela demora á vir, eu esperei pela minha alma gêmea, pela minha Haline, e depois de idas e vindas ela finalmente chegou, eu esperei e todos os segundos de espera valeram a pena, hoje nós somos felizes por termos um a outra. Por isso eu falo, aguende porque um dia a espera terá fim !

    ResponderExcluir
  3. Ainda não estou desacreditada do amor, apesar de ja ter sofrido demais com ele. Mas cheguei num ponto em que eu não busco mais, to deixando a vida me levar pra seja lá onde for e com quem for.

    ResponderExcluir

Para evitar comentários com conteúdo chulo e ofensivo, todos serão moderados, certo?

Ѳ Comente pelo Facebook!

Ѳ Mais Vistos