Máquina da Verdade - Ephiny




Conhecida por sua beleza e dedicação extrema às amazonas ao longo da vida, além de ser uma mulher com uma coragem admirável, que enfrentou o preconceito ao se envolver com um centauro e teve um filho com ele, nossa entrevistada de hoje é Ephiny, uma das rainhas amazonas que mais se destacou ao longo do seriado. 

Seja bem vinda, Ephiny!

Ephiny (sorrindo delicadamente) - Obrigada. 

Não sei o que aconteceu dessa vez, mas infelizmente nenhum leitor enviou perguntas à você. Porém, saiba que você é muito querida pelo mundo xenite e foi por isso que você venceu a enquete e hoje está aqui.

Ephiny (intrigada) - Será que ficaram com medo de mim por eu ser uma amazona?

Talvez, mas é que estamos no final do ano e provavelmente as pessoas estão sem muito tempo nesse momento... 

Ephiny - É verdade... 

Bom, como não recebemos nenhuma pergunta, a produção se encarregou disso. Podemos começar?

Ephiny - Sim, podemos.

Vamos então para a primeira pergunta:

- Antes de conhecer Phantes e se apaixonar por ele, você se envolveu com outra amazona? E depois que ele morreu?

Ephiny (olhando desconfiado) - Não, eu era virgem até conhecê-lo. 


Ephiny (divertida, mas sem perder a seriedade) - Eu estava apenas testando essa máquina... 

E ela acertou?

Ephiny (sorrindo timidamente) - Mais ou menos... Sabe como é, você passa parte da vida vivendo apenas com mulheres... Chega na adolescência e os hormônios ficam enlouquecidos... Fica difícil não se permitir viver certas experiências... 


Terreis?

Ephiny (alargando os olhos) - O que tem ela?

Você... teve algo com ela?

Ephiny (pausa) - Terreis foi uma grande amiga, alguém que cuidou da gente de forma inquestionável. 


Mas você teve algo com ela, digo, além de amizade?

Ephiny - Não. 


Verdade?

Ephiny - Sim, verdade. Eu só fiquei nervosa por ter me lembrado dela... Sinto saudades...

Tudo bem. Vamos para a próxima pergunta:

- Por que você cismou com Xena quando a conheceu? E por que você foi tão estúpida com Gabrielle?

Ephiny (suspirando profundamente) - Inveja... Eu era muito jovem e também nunca havia conhecido uma guerreira que não fosse uma amazona. Eu já tinha ouvido falar dela e admirava seus feitos, mas também a invejava por ela não ser uma amazona e, mesmo assim, ser dona e si. 


E quanto a Gabrielle?

Ephiny - Foi praticamente o mesmo sentimento. Gabrielle parecia ser uma garota boba e não era uma amazona. De repente, ela se torna uma princesa. E eu tinha praticamente a certeza absoluta que, em outra circunstância, Terreis teria passado o direito de casta para mim... 


Certo. Continuando:

- Ter se tornado mãe modificou você em algo? Em que?

Ephiny (refletindo com um sorriso meigo nos lábios) - Ser mãe foi uma das coisas mais lindas que aconteceu comigo. Tomar meu filho nos braços e sentir sua respiração em meio peito, sabendo que se tratava de uma parte de mim e de quem eu mais amei, foi uma sensação maravilhosa... Xenan me ensinou muitas coisas, mas a mais importante foi que aprendi a ser mais paciente e a ponderar melhor as questões, além de meu instinto maternal ter se estendido aos outros. Aprendi a olhar a todos com um olhar mais maternal, entende?


Sim... Lindo isso. Próxima questão:

- Como é ser uma Rainha Amazona? Elas são disciplinadas ou você teve muito trabalho com elas?

Ephiny - Ser uma rainha exige muitas responsabilidades e muitas renúncias. É preciso ter que abrir mão de si mesma para dedicar-se integralmente à tribo. As amazonas tornam-se sua responsabilidade, como filhas, como protegidas e alunas. E elas também têm seus momentos de rebeldia, o que nos obriga a tomar decisões que não agradam a todas, como o banimento, por exemplo. Uma rainha precisa saber comandar, ouvir e decidir, de forma que todas entendam que quem manda ali é você e que é necessário que obedeçam, sem questionar. 



Interessante... Agora temos aqui uma pergunta pessoal. Vamos à ela:

- Por favor, responda, como é fazer amor com um centauro?

Ephiny (cobrindo o rosto com as mãos, vermelha de vergonha e rindo muito em seguida) - Ai, gente, pelos cabelos da Rainha Melosa! 

Tendo em vista que se trata de algo muito íntimo, você não precisa responder se não quiser, Ephiny.

Ephiny (recompondo-se) - Tudo bem, tudo bem. Respondo. (longa pausa) Bem, eu me apaixonei por Phantes, eu o amava de verdade e muito... Não era tão difícil como imaginam, principalmente quando existe amor. E ele era muito carinhoso, muito amigo, companheiro... (sorrindo com os lábios) Com jeito, tudo se ajeita, não é?


Pois é. (risos) Podemos prosseguir?

Ephiny (assentindo com a cabeça) - Claro. 

- Quando Gabrielle disse pra você que ela tinha uma filha, você não ficou se perguntando quem poderia ser o pai da criança? E como Xena poderia ter aceitado este fato, sendo ela do jeito que é?

Ephiny (alargando os olhos e balançando a cabeça afirmativamente) - Sim. Eu só não entrei nessa questão pra não piorar as coisas. Eu fiquei muito chocada com aquilo, mas sendo Gabrielle como uma irmã pra mim, decidi apenas ouvi-la e entendê-la, nada mais.


Muito bem. Pegamos leve com você, tanto que a grande maioria de suas respostas sinalizaram verde. Temos aqui a última pergunta:

- Você era uma amazona muito convencida no início. O que fez você mudar?

Ephiny - Ah, muitas coisas... Vi que Xena era uma mulher incrível e muito sábia. Gabrielle, apesar da inexperiência e idade, era muito inteligente e igualmente sábia. Com ela aprendi a ter compaixão de meus inimigos... E uma vez que a minha rainha, Melosa na ocasião, resolveu se unir à Xena e aos centauros, percebi o quanto eu estava sendo imatura. Ser mãe também me modificou... Creio eu que aprendi a ser uma amazona de verdade. 


Concordo com você, Ephiny! Uma amazona de verdade, é isso o que você é. E merece todo o nosso reconhecimento e aplausos, por ser quem você é como mulher, amazona e ser humano, e também por ter dedicado tanto de seu carinho e amizade para nossas amadas Xena e Gabrielle, além de toda a nação amazona...

Ephiny - Eu que agradeço pelo carinho... Obrigada! 

Muito obrigado, Ephiny!!


Bem, é isso, galera! Terça-feira que vem, que será a última de 2011, traremos novamente Xena e Gabrielle para mais uma Edição Especial da Máquina da Verdade!
Por essa razão, não teremos enquete nesta semana, certo? Mas podem enviar suas perguntas para elas! Acesse o banner acima e saiba como participar! 

Até lá!



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para evitar comentários com conteúdo chulo e ofensivo, todos serão moderados, certo?

Ѳ Comente pelo Facebook!

Ѳ Mais Vistos