Máquina da Verdade - Joxer



Sempre preparado pra batalha, ele prontamente aceitou nosso convite para participar hoje da Máquina da Verdade. Ao saber que, até o momento, ele é o recordista em receber perguntas, Joxer foi só sorrisos conosco. 
Desde já nosso muito obrigado à você, Joxer!

Joxer (estufando o peito e com a mão no cabo da espada embainhada) - Que é isso... Eu, Joxer, o Poderoso, jamais rejeitaria um convite desses. 

Maravilha! Podemos começar agora? Temos bastante perguntas... 

Joxer - Claro, claro! Estou ansioso! 

Muito bem, então vamos começar com as perguntas de Haline, do Rio de Janeiro, certo?

Joxer (olhando pro alto) - Ha- li- ne... Ha- li- ne... 

Joxer? 

Joxer - Ahn? Hehe... Gostei desse nome... é... diferente. Ha- line... Haline... Gostei. 

Bem, Joxer, a Haline enviou algumas perguntas pra você. Vamos lá! 

- Joxer, quando você soube que era apaixonado pela Gabrielle, sabendo que Xena também era apaixonada por ela, você não teve medo de morrer?

Joxer (alargando os olhos) - Como é? Xena apaixonada por Gabrielle? Desde quando? 


Você não sabia?

Joxer - Não sabia o que? 

Sobre Xena e Gabrielle... 

Joxer (confuso) - O-o que tem elas? 

Ai... ai... apenas responda a pergunta, Joxer... 

Joxer - Qual é a pergunta mesmo? 

Ah, esquece, vamos pra próxima, ok?

- Qual a sua verdadeira intenção ao passar a mão na bunda da Xena mesmo pensando que ela era Meg?

Joxer (torcendo a boca pro lado) - Hum... Eu pensei que ela estivesse caidinha por mim, sabe... Como eu ia saber que ela não era ela? (pausa) Tão safadinha pra cima de mim, como resistir?


Próxima:

- Você realmente se apaixonou pela Meg?

Joxer - Sim... não... quer dizer... Ela gostava de mim, me tratava bem, cuidava de mim, mas... E-e-e-eu não sei ao certo... 


Joxer (apontando pra máquina) - Por que essas luzinhas ficam piscando cada vez que eu falo, hein?

¬¬ A máquina avalia se você está dizendo a verdade ou não... 

Joxer - Aaaaaaah... (pausa) Legal! 

Prosseguindo: 

- Como você se sentiu quando o seu filho teve uma quedinha pela Gabrielle depois que as duas voltaram e acordaram depois de 25 anos?

Joxer (surpreso) - Me-me-meu filho? Virgil? Pela Ga- Gabrielle? 

Vai dizer que você também não sabia disso. 

Joxer - Calma aí! Preciso pensar... 

É disso que temos medo... 

Joxer - Como é? 

Nada, nada... Então você não sabia? 

Joxer - Éééééé... Não... 


Joxer - Isso é verdade mesmo? Virgil? 

É sim... Como você se sente sabendo disso? 

Joxer - Acho que isso prova que ele é mesmo meu filho, não é? 

Parece que sim... 

Joxer - É... Isso é bom... (confuso) Não é? 

Era você quem deveria me dizer... Mas tudo bem, vamos pra próxima:

- Alguma vez você pensou que Gabrielle pudesse se apaixonar por você?

Joxer (pensativo e desanimado) - Bem... é, bem... E-eu pensei sim... no início... E eu tentei, mas... 


Calma, Joxer, a próxima pergunta vai animar você:

- Eu amo a sua canção, e particularmente se eu fosse hetero kkkkkk eu me casaria com você, será que você me aceitaria?

Joxer - O que é isso? 

Isso o que?

Joxer - Essa palavra aí que ela disse...

Qual palavra?

Joxer (esticando o braço) - Deixa eu ver... me passa a folha com a pergunta aí... 

Ok... pegue. 

Joxer (lendo) - Eu a-mo sua caaan-ção, e... par-par... par-ticulaaaa-meeeeen-te se eu fossss... fosse... he-te-ro... (apontando para a palavra) Essa aqui: heee-te-ro, hetero. 

Ela quis dizer que se ela se sentisse atraída por homens ela gostaria de se casar com você.

Joxer - Ah, entendi... (pausa) Ela não gosta de homens? Ela é amazona? 

Joxer, se possível, apenas responda, certo?

Joxer - Oooook. Bom, eu, Joxer, o Coração de Leão, pelo qual todas as mulheres simplesmente babam ao verem passar... 


Joxer (admirado) - Olha... apareceu uma luz vermelha... Isso é bom, né?

Não, Joxer, isso significa que você está mentindo... 

Joxer - Hum... Tá! Respondendo a pergunta da senhorita, mas é claro que eu aceitaria... Sabe como é... Um homem de verdade não nega fogo para nenhuma donzela sedenta, faminta... Sedenta e faminta... É, é isso.


Agora a penúltima pergunta da Haline:

- Quando você foi ao casamento da Gabrielle, o que você sentiu ao vê-la casada com outro homem? Você já estava apaixonado por ela?

Joxer - Ma-ma-ma-ma-mas eu não sou apaixonado pela Gabrielle...


Tem certeza?

Joxer - Não. Mas quando ela se casou eu não era não. Não que eu me lembre...


Certo. Última pergunta:

- Porque você é tão mentiroso?

Joxer (fazendo bico contrariado) - Eu não sou mentiroso!


Joxer - Ah, algumas vezes... às vezes... bem... é preciso mentir por um bem maior, sabe? 


As perguntas da Haline terminaram, mas ela deixou um recado aqui pra você:

"Pra mim você é o melhor homem, a melhor pessoa, de alma e coração, e eu queria finalizar dizendo que não importa se você não demonstrou ser um Guerreiro por matar ou parar um exército, porque pra mim o Guerreiro vive dentro de você, que é a sua bondade e sua lealdade." 

Joxer (emocionado) - Puxa... Que lindo! (abraçando o entrevistador) 

Acalme-se, Joxer! (tentando se soltar) Joxer! Sente-se, Joxer! 

Joxer (secando as lágrimas) - Ok, ok. 

Bom, agora é a Renata da Espanha que quer saber algumas coisas sobre você.Começando:

- Joxer, você nunca se deu conta das pegações entre Xena e Gabby???

Joxer - Pegações? Como assim? 

Pegações, Joxer... tipo, elas se abraçando, se beijando, se amassando... 

Joxer - Que papo estranho... Não entendi... 

¬¬ Novidade... 

Ok, vamos pular essa. Próxima:

- Joxer, você nunca escutou nenhum ruído suspeito durante as noites???

Joxer (pensativo) - Oh, sim, sempre escuto. 



E quando você acampava com Xena e Gabrielle, ouvia algo?

Joxer - Ouvia. 

E o que você ouvia?

Joxer - Às vezes parecia ser coelhos... sabe, coelhos? Pois é... eu tinha a impressão de que eu ouvia os coelhos fazendo amor... Mas era estranho, porque eles emitiam uns sons meio agudos, sabe? E eu acho que a Gabrielle sonhava que estava correndo, porque ela ficava ofegante e eu ouvia ela respirando meio cansada, sabe? 

(risos) Próxima pergunta:

- Joxer, como foi saber que você não teria chance com a Gabby porque ela só tinha olhos para Xena???

Joxer - Pois é... Gabrielle se dedicava muito à amizade... E ela não queria que nada atrapalhasse, entende? Eu também acho que a Xena era quem escolhia os namorados pra Gabrielle... Eu simplesmente não estava na lista.


Você realmente acredita no que você respondeu?

Joxer - Claro, claro... quer dizer, sim, claro.

Ok. Penúltima pergunta da Renata:

- Joxer, o que você achou do final da série... você acha que foi justo???

Joxer - Que série? 

Alguém aí tem uma espada para cravar no meu peito, por favor? (contando até dez) Joxer, a série é Xena, Princesa Guerreira. 

Joxer - Aaaaaah, bom. Entendi. (pausa) Acabou, foi?

¬¬ Joxer... Xena morreu e a série acabou.

Joxer (confuso) - Xena morreu? De novo? Quando? 

Ah, deixa pra lá. Última pergunta:

- Joxer, como você vê a relação de Xena e Gabby? Você acha a Xena muito machista com a Gabby? Se fosse você no lugar dela, como você trataria a Gabby??

Joxer - Vamos por partes... A relação de Xena e Gabrielle é de uma amizade muito bonita, mas a Xena realmente pega pesado com a Gabrielle... Ela se acha no direito de mandar nela toda hora... Acho que ela pensa que é irmã mais velha da Gabrielle. 


Irmã mais velha? Certo. Falta uma pergunta. Como você trataria Gabrielle no lugar de Xena?

Joxer - Ah, é. Be-be-be-be-bem... (perdido em pensamentos) Eu faria de Gabrielle a mulher mais feliz do mundo... Eu queria levá-la pra um lugar bonito, com muitas flores... ela adora flores, sabe? Pois é, ela adora... Um lugar com um rio passando e poder ouvir o som das águas com ela em meus braços... Aí a gente poderia cantar e... dançar juntos... (voltando a si e vermelho de vergonha)


Esta tudo bem, Joxer, a gente entende. Agora temos aqui as perguntas da Pam. Antes de começarmos, quero ler pra você o que ela disse:

"Joxer, antes de fazer as perguntas gostaria de lhe dizer que você é o cara mais atrapalhado que eu já vi, mas esse seu lado cômico é realmente muito fofo".

Joxer (sem graça) - É, eu sei que sou meio atrapalhado mesmo, mas sempre acabo ajudando... (estufando o peito) Afinal, sou um guerreiro!

É sim... Vamos às perguntas:

- Joxer, você se considera um guerreiro, mas você tá mais pra comediante do que para um guerreiro na categoria de Xena e Gabrielle. Por que você tem essa obsessão em ser algo que não é?

Joxer (indignado) - Mas eu sou um guerreiro!


Joxer (com cara de bobo) - Vocês não entendem... Meu estilo é esse... para poder enganar o inimigo, sabe? Quando ele pensa que sou inofensivo, cravo minha espada nele e faço seu sangue jorrar feito uma cachoeira sangrenta. 


Joxer (cabisbaixo) - Ok... Eu tentei... Juro que tentei ser um guerreiro... Mas... (animado) Posso não ser um guerreiro, mas  sou um herói e sobre isso ninguém pode dizer o contrário. Graças a mim, Xena conseguiu se livrar de alguns problemas.


Nisso eu tenho que concordar com você. Próxima pergunta:

- Por que você se casou com a Meg se você ama a Gabrielle?

Joxer - Coisas da vida... Eu pensei que a Gabrielle havia morrido... Então encontrei a Meg e resolvi ficar com ela mesmo... Ela me entendia, sabe? 


Certo. Mais uma pergunta:

- Joxer, você já viu alguma coisa muito picante entre Xena e Gaby? Se você já viu conte qual foi a situação e onde ocorreu.

Joxer (refletindo) - Hum... coisa picante... ééééééé... (pausa) Teve uma vez! A gente estava passando por um caminho de mata muito fechada e então um enxame de abelhas nos atacou e todos nós recebemos algumas picadas... Isso foi extremamente picante.. Foi sim. Nossa pele queimava, foi horrível. 


¬¬ 

Joxer - Que?

Nada, nada. Mais uma:

- Qual dos seus dois irmãos você tem mais intimidade e afinidade?

Joxer - Bom... intimidade é de ser íntimo, né? Acho que nisso é o Jett, mas não me dou muito bem com nenhum dos dois. Jace é mais tranquilo, acho que nisso nós nos parecemos mais, apesar de ele ser todo estranho... 


Chegamos na penúltima pergunta da Pam:

- Você já odiou alguém? Quem?

Joxer (relembrando) - É... acho que sim... Mas meus momentos de ódio são repentinos e logo passam. Eu odiei Callisto, odiei Eva... ela ia matar a Gabrielle... (pausa) Cheguei a odiar Xena também, quando ela quis matar Gabrielle. Odiei Esperança... Não lembro de todos... Mas tudo isso passou. Eu precisava ajudar minhas amigas e os inimigos delas são meus inimigos. 


Última pergunta da Pam e também última pergunta da entrevista:

Joxer - Puxa... que mau. Eu queria mais perguntinhas. 

Quem sabe numa próxima vez... 

Joxer - Tá bom. 

Bem, vamos lá:

- O que você realmente pensa de Xena e Gabrielle no geral?

Joxer (sorrindo) - Nem sei o que dizer... Elas são minhas amigas, minhas melhores amigas... Acho até que elas foram as únicas amigas de verdade que eu tive na minha vida. E-eu as amo... A-amo muito... Muito mesmo... 


A amizade de vocês é realmente muito linda, Joxer! 

Joxer - É, é sim.

Bem, terminamos. Quero agradecê-lo por ter vindo e, apesar de não saber responder boa parte das perguntas, foi uma entrevista agradável... 

Joxer (exibido) - Estou sempre pronto para ajudar! Se tiverem qualquer problema, chamem por Joxer, o Poderoso, que eu estarei aqui num piscar de olhos para defendê-los com minha espada! 

Obrigado, Joxer. 

Joxer (fazendo um gesto cortês com a cabeça) - Não há de que. 

Bem, pessoal, é hora de votar! Escolham a próxima vítima para a Máquina da Verdade de terça-feira que vem! Valeu, galera! 



Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Nossa, essa entrevista foi incrível, muuuuuuuuuuuuuito engraçado o nosso velho amigo Joxer, adoreeeeeei!!!!!!!

    ResponderExcluir

Para evitar comentários com conteúdo chulo e ofensivo, todos serão moderados, certo?

Ѳ Comente pelo Facebook!

Ѳ Mais Vistos