Máquina da Verdade - Esperança



Filha de Dahak com Gabrielle, ela resolveu seguir os passos do pai, lutando para que seu reino fosse implantado na terra. Sem sucesso, ela fora morta por seu próprio filho, o Destruidor, que, ao confundi-la com sua avó, cravou a garra em seu peito.
Estamos falando de Esperança ou, para os mais americanizados, Hope, que não sabemos de onde veio, mas está aqui hoje para responder as perguntas na Máquina da Verdade.


- Então, Esperança, é uma honra para nós recebermos alguém como você aqui em nosso meio.

Esperança - Não precisa mentir. Eu sei que todos os adoradores de Xena e de minha mãe me odeiam.

- Er... a maioria sim, mas creio que você tenha alguns admiradores.

Esperança - E onde eles estão agora? Não acredito em admiradores, acredito em interesseiros. E isso tem bastante. 

- Você está querendo dizer que quando foi formada aquela seita em nome de Dahak, as pessoas apenas tinham interesse e não o adoravam realmente?

Esperança - Sim. Todo mundo sabe que quem não se une a Dahak terá uma morte terrível.

- Por medo, então?

Esperança - Também. Meu pai fez promessas a quem nos seguisse, e quem nos segue não passa de interesseiro.

- Mas vocês precisam deles, mesmo com interesse, não é mesmo?

Esperança - É verdade. Para trazer o reino de meu pai ao mundo é preciso.

- Bom, já que iniciamos um bate papo, vamos logo acionar a máquina e começar com as perguntas, ok?

Esperança - Está certo. 

- Uma menina de Vila Velha, ES, chamada Alice, enviou uma pergunta pra você. Após a pergunta dela, faremos as nossas.

- Hope, quem é o pai do Destruidor e por que ele é tão feio?

Esperança - Acasalei com Ares, deus da guerra, e nossa intenção era ter mais cinco filhos, mas Xena se meteu onde não foi chamada e atrapalhou nossos planos. Bom, o aspecto de meu filho deve-se a herança genética de meu pai, Dahak. 


- É por isso que Dahak nunca aparece?

Esperança (olhando seriamente) - Você está chamando meu pai de feio?

- Não, imagina... (tremendo de medo) Melhor irmos para as próximas perguntas, não é mesmo? Hehe

Esperança - Pois pergunte.

- Apesar de ter fama de má, você demonstrou certo sentimento por sua mãe. Esse sentimento era verídico? 

Esperança - Sou grata a ela por ter me trazido ao mundo e por ter salvo a minha vida quando eu era um bebê. A grande culpada por mamãe não ter ficado ao meu lado é Xena!


- Mas, se Gabrielle tivesse decidido ficar ao seu lado, como ela seria tratada?

Esperança - Como a mãe da filha de Dahak, ou seja, como uma rainha. Mamãe teria tudo o que almejasse.


- Como você mesma disse, você acasalou com Ares. Me diga, você sentiu algo por ele?

Esperança - Ares é um belo exemplar, mas você quer saber se me apaixonei por ele? Claro que não. Aquele idiota só serve mesmo para fazer filhos.


- Por falar em filho, você amava o Destruidor?

Esperança - Eu amava o que ele representava.


- Você não está mentindo para si mesma?

Esperança - Talvez. Mas meu maior interesse era fazer a vontade de papai. Não importava o que fosse preciso fazer, mesmo que meu filho tivesse que morrer em prol de nosso objetivo.


- Esperança nervosa? Coisa rara...

Esperança - Meu lado humano é detestável.

- Certo. Bem, como estão os planos de Dahak? Vocês tem seguidores?

Esperança - Tivemos bastante por um tempo, lá no templo de papai, quer dizer, nas ruínas do templo. Mais uma vez, por culpa de Xena, devo acrescentar. Mas temos sim nossos seguidores. 


- E por que vocês ainda não conseguiram implantar o Reino de Dahak no mundo?

Esperança - Papai pensou melhor e decidiu fazer isso aos poucos. Acaso vocês não tem visto as mudanças drásticas no comportamento humano, além de tantas catástrofes? Tudo isso está acontecendo em nome de Dahak.

- Sério?

Esperança - Sim.

- Nossa! Continuando... Quando você era criança e libertou Callisto, por que não libertou Velasca também?

Esperança - Velasca não tinha nenhuma serventia para mim. Ela era uma deusa iniciante e seu ódio maior era por minha mãe. E não estava em meus planos que mamãe fosse morta. Velasca só iria atrapalhar.


- Vamos supor que você tivesse permitido que seu lado mortal assumisse o controle. Quero dizer, se Gabrielle tivesse conseguido fazer de você uma boa menina. Como você imagina que seria sua vida, vivendo ao lado de sua mãe e Xena?

Esperança - Xena quis me matar, eu jamais aceitaria viver ao lado dela. Eu queria sim viver com mamãe, mas sem abrir mão do objetivo que me trouxe ao mundo. Se ela não tivesse me dado veneno e sim fugido comigo, hoje estaríamos comandando o mundo juntas, ao lado de papai. 


- Falando em família, o que levou você a se passar por Gabrielle e viver com os pais dela e Lila?

Esperança - Potédia era um lugar tranquilo, ótimo para ter meus filhos. 


- Só isso? Não estaria você precisando de carinho familiar? Se sentir aceita?

Esperança - Talvez.


- Você se sente magoada por ter sido rejeitada por Gabrielle?

Esperança (respondendo involuntariamente) - Sim.


- A mágoa é um sentimento humano. Você não acredita que poderia ser igual a todo mundo, vivendo normalmente?

Esperança - Quando eu quis, mamãe não acreditou em mim.

- Mas você matou Solan e o pai adotivo dele. Não teria sido melhor esquecer a vingança e ter vivido com sua mãe?

Esperança - Talvez, mas eu estaria traindo a confiança de papai. Mamãe que me desculpe, mas papai é muito mais importante que ela. 


- Tem certeza?

Esperança (fitando a máquina) - Sua máquina mente. Não gosto dela!

- Ow, ow, ow, é impressão minha ou a máquina está se mexendo?

Esperança (concentrando-se mais) - EU a estou movendo...

- Caraca, a máquina está levitando! (Esperança vira a cabeça e lança a máquina na parede) Não, não! Você quebrou a máquina, Esperança! A máquina foi quebrada de novo!

Esperança (começando a erguer outros objetos) - Você não pensou que eu viria até aqui e iria embora sem deixar uma pequena lembrança minha, não é?

- Ai, meu Deus! (começando a se retirar, enquanto folhas e outras coisas voam na sala) E essa foi a Máquina da Verdade com Esperança! (saindo da sala e correndo pra rua desesperadamente) Vote na enquete para a próxima edição! Tchau!



por Matheus Pitbull



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para evitar comentários com conteúdo chulo e ofensivo, todos serão moderados, certo?

Ѳ Comente pelo Facebook!

Ѳ Mais Vistos