Sobre Xena é Natural



Sobre Xena é natural

             Qual é o seu seriado preferido? Como você o descreveria? Sou xenite há algum tempo, também aprecio cinema e outros seriados. É comum lembrarmos de “Xena” em quase todas as situações do cotidiano e enxergar semelhanças em outras obras da ficção. Só que dessa vez isso chegou a um nível tão extremo que eu senti a necessidade de compartilhar algumas dessas semelhanças que encontro por aí. Para ser mais específico preciso acrescentar que além de xenite sou hunter e sempre desconfiei dos detalhes que “Xena” e “Sobrenatural” têm em comum. Comecei fazendo uma descrição desses detalhes, fazendo um pequeno texto que serviria pra descrever tanto um seriado quanto o outro, a medida que ia anotando as coisas ia lembrando de mais outras. Quando ficou tudo pronto o pequento texto tinha um número razoável de linhas, o que me deixou satisfeito e mais convencido de que tinha feito uma parada maneira. Colei o texto em grupos e comunidades nas redes sociais, perguntando se alguém saberia dizer, através da descrição, qual seriado eu me referia e o resultado alcançou minhas expectativas. Xenites afirmando que era óbvio tratar-se de “Xena, a princesa guerreira”, e hunters apostando a pele que tratava-se de “Sobrenatural”.  Foi interessante, mas dessa vez eu quis fazer algo mais organizado, dedicado a hunters e xenites dos fandons que eu me orgulho de fazer parte, separando casos das séries e mostrar de um jeito melhor.
           

 “São duas pessoas do mesmo sexo, em suas viagens já salvaram muitas vidas, viveram muitas aventuras e se meteram em muita confusão


Primeiro episódio: Dean Winchester (Jensen Ackles) vai ao encontro de seu irmão mais novo Sam (Jared Padalecki), Xena (Lucy Lawless) conhece Gabrielle (Renneé O’Connor), todos em situações complicadas e precisando um do outro. A relação de Gabrielle com sua família é ótima, entretanto ela se sente um peixe fora d’água com a vida que leva com eles e quer seguir viagem com Xena a todo custo. Sam segue viagem com Dean, porém ele também se sentia desconfortável com o negócio da família. Sam e Gabrielle são os pontos fracos de Dean e Xena, existe um compromisso entre o laço de sangue entre os Winchesters que Dean assume com responsabilidade, disposto a fazer o que for preciso pra concluir o trabalho e proteger seu irmão, assim como Xena prioriza Gabrielle. Seguem a filosofia do “eu faço meu próprio destino e procuro ter fé em mim mesmo” não demonstrando nenhuma fraqueza nem mesmo diante da dor (na maioria dos casos), adicione marra com uma dose de sarcasmo e uma pitada de desconfiança de 
tudo e de todos. Quando você vê Xena ou Dean chorando, é porque a coisa tá feia e eles mantiveram o controle por muito tempo.  É claro que o peso dessa responsabilidade já caiu sobre os ombros de Dean e Xena, mas no final o amor, seja fraternal ou não, faz tudo voltar ao normal mesmo depois das brigas feias que já rolaram. Sam e Gabrielle não são tão racionais como Dean e Xena, eles contribuem com o lado sentimental para equilibrar a balança das duplas e, apesar de serem os protegidos, eles se mostram bem independentes durante as séries, vão amadurecendo, aprendendo com os perrengues que passam, refletindo e argumentando sobre tudo o que fazem, sendo os mais justos e calmos que podem ser, e no final tornam-se tão fortes quanto Dean e Xena, capazes de fazer coisas que nem eles imaginavam ser capazes. Já tiraram a vida, com lágrimas nos olhos. Já foram casados, coincidentemente os dois casamentos só duraram por um episódio. Sempre com lealdade, amizade e companheirismo as duplas vão vencendo as batalhas com boas doses de humor em determinados episódios e expressando seus lados obscuros em alguns outros. Gabrielle e Sam já foram usados para servir ao mal.
            As aventuras acontecem em diversos lugares, pois eles não têm lugar fixo e vão resolver os problemas em qualquer lugar, porque têm seus próprios meios de transporte. Para Dean, o Impala ano 67 preto apelidado de Baby é seu tesouro enquanto Argo é um(a) amigo(a) para Xena.  Além do meio de 
transporte, há também uma arma especial. Apesar de terem se tornado marcas das séries, o chakram (Xena) e o Colt (Sobrenatural) não são originais delas. O chakram é uma arma de origem indiana que Robert Tapert curtiu e quis incluir em Xena, a escolha do Colt também foi genial, pois tem muito a ver com o tema de “Sobrenatural”. Os quatro se tornaram bem conhecidos por seus atos, já foram caçados literalmente, já morreram (mais de uma vez) e já passaram pelo Céu e pelo Inferno. Com exceção de Gabrielle, tiveram a experiência de ser fantasma também. Gabrielle já ressuscitou por causa de Xena e Sam já ressuscitou graças a Dean. Jensen Ackles (Dean) e Lucy Lawless (Xena) também são muito lembrados pelas caretas, expressões, de seus personagens.



Participaçao de deuses, seres, e outros personagens não originais

Muitos personagens reais da história estiveram presentes nas séries, é claro que em “Xena” tivemos famosos diferentes de “Sobrenatural”, já que se passa na antiguidade. Enquanto Xena encontrou com Júlio César, Brutus, Hipócrates, Cleópatra, Marco Antônio, Calígula, etc; Em “Sobrenatural” temos H. H. Holmes, Robert Johnson, Eliot Ness e grandes contribuições como as de Samuel Colt, Thomas Edison, H.P. Lovecraft presentes no seriado. Ambas as séries mencionam muita gente, situações, coisas de verdade por assim dizer. Mas o que reforça os paralelos são os personagens em comum, os seres que nossos quatro herois enfrentam.
A Morte: Vimos que a Morte pode ser uma mulher bonita, ou um velho escroto. O papel dela é simplesmente nos levar. Em “Sobrenatural” temos os ceifeiros e o Cavaleiro do Apocalipse (mas há uma diferença entre eles). Em Xena quem tem essa função é a deusa Celesta, assim que o fio da vida for cortado por Átropos.



Anjos &Demônios, Lúcifer e Miguel: Dean e Sam sempre estão enfrentando demônios, em Xena não é tão comum mas já marcaram presença. Exorcismos são bem comuns em “Sobrenatural”. Quanto aos anjos, Lúcifer e Miguel em ambas as séries eles aparecem em temporadas mais maduras. No terceiro episódio da sexta temporada de “Xena” ela precisa enfrentar Lúcifer e mandá-lo para o inferno, jogando-o num buraco. Situação bem familiar para você, caso seja um Hunter, que com certeza viu Dean Winchester debochar do próprio Diabo assim como Xena fez. Já Miguel, apesar de ser um arcanjo, ele não se mostra tão bonzinho assim nas séries.


Deuses: Xena & Gabrielle viviam na época dos deuses antigos, eles eram fúteis e crueis que maltratavam a humanidade, além dos deuses greco-romanos, outros deuses foram incluídos. No século XXI, é a vez dos Winchesters salvarem pessoas e caçar coisas e isso incluiu alguns deuses, logo Xena não foi a única responável pela extinção de divindades. Gabrielle e Sam j Confesso que muito desses deuses eu não conheceria se não fosse “Xena” e “Sobrenatural”.  
Quanto ao Deus único dos israelitas e cristãos, ele é sempre citado, mas como na vida real, muito pouco sabem sobre ele. No final da quinta temporada de “Sobrenatural” fica subentendido que o personagem Chuck Shurley (Rob Benedict) que a princípio é apresentado como um simples profeta pode ser Deus. O episódio “Estados Alterados” (1x19) é baseado na história de Abraão e Isaque: Anteus estava sendo enganado pelo filho mais velho Mael (Karl Urban) e acreditava estar recebendo ordens de Deus para que matasse o filho mais novo.  O plano é que Gabrielle finja a voz de Deus para que Anteus obedeça e não mate o filho. A ordem necessária é dada e Gabrielle afirma no final do episódio que não havia sido ela a falar aquilo.
O deus do amor Eros, também conhecido como Cupido da mitologia romana é apresentado como um anjo de escala menor em “Sobrenatural”.  


       
Outros seres: A lenda da Mulher de Branco surge a partir das Banshees, seres da mitologia celta. A lenda diz que quando alguém encontra uma Banshee, logo vai morrer.  Também eram designadas para lamentar a morte das cinco principais famílias irlandesas e caso algum membro dessas famílias morresse longe de casa, o gemido dessa “mulher-fada” era uma forma de aviso. Parte da lenda afirma que essas entidades eram espíritos de mulheres mortas assassinadas, onde entra a Mulher de Branco, que são espíritos de mulheres que foram assassinadas, que se mataram e/ou mataram os filhos. Tudo ligado a morte trágica e lamento. Podem aparecer com trajes brancos, mortália, roupa que foram enterradas ou em frangalhos. Em “Xena” as banshees estavam relacionadas a Dahak, seu objetivo era proteger a gravidez de Gabrielle.

   

Os vampiros são bem conhecidos na cultura pop, aparecem em tudo quanto é mídia em diferentes versões, com muita luxúria, estilo, desejo e paixão. Apreciando os prazeres da carne como o antigo deus Baco (Dionísio para os gregos) e seus seguidores. “Sombrancelhas inclinadas em uma bela face pálida”, bacantes e vampiros não são a mesma coisa, qualque semelhança é mera coincidência, ou não. Mesmo com características tão parecidas, as bacantes de “Xena” não poderiam ter sido chamadas de vampiras pois o termo só passou a ser conhecido no século XIX. Ambas as séries tiveram uma versão bem particular desses monstros.  Xena, Gabrielle e Dean provaram a experiência de ser um deles. E é possível afirmar que a transformação de Xena e Dean foi culpa de Gabrielle e Sam.

    
            Na mitologia grega as sereias eram metade mulher, metade pássaro. A figura mais conhecida delas é a que surgiu na idade média: metade mulher, metade peixe. Seduzem e efeitiçam os homens com seu canto e beleza para a morte, em algumas ocasiões também é representada por uma criatura monstruosa, acontece mais com os tritões. Em “Xena” apareceram de duas maneiras diferentes: A primeira é baseada na obra de Homero, “A odisseia”. Quando passam pela ilha delas, Ulysses é amarrado num mastro enquanto Xena assume o timão, porém ele consegue soltar as amarras e sua vida é salva pelas muitas habilidades da princesa guerreira. Na segunda vez elas aparecem num sonho louco de Gabrielle, num episódio Uber. Gabrielle vai parar no mundo onde as sereias são mulheres peruas.  Em “Sobrenatural” os Winchesters são enfeitiçados por um monstro que pode assumir a forma de mulheres, strippers pra ser mais exato, e os coloca um contra o outro.

    

Os Djins ou jinns fazem parte da mitologia árabe pré-islâmica e no islã, inclusive mencionados no Alcorão, são seres muito poderosos e habitam num universo paralelo ao nosso. Na Arábia acreditava-se que eles inspiravam profetas e videntes. O personagem Najara de “Xena” afirma falar com O Djinn, seria ela árabe?  Em “Sobrenatural” ele aparece três vezes, na primeira, e principal, é na segunda temporada quando o gênio do mal controla a mente de Dean fazendo com que ele viva numa realidade de sonhos e se alimentando dele enquanto Sam precisa fazê-lo acordar. Tem o poder de ler a mente das pessoas o que o possibilita saber nossos desejos e fraquezas. Na sexta temporada outro Djinn aparece, no primeiro e no décimo episódio. Eric Kripke teve a ideia de colocar o vilão coberto por tatuagens após ver uma foto de uma mulher coberta por tatuagens de henna na internet.

      

Amazonas: Na mitologia grega eram mulheres guerreiras e viviam em sociedade feminista, havendo uma rainha. Formavam tribos, eram ótimas caçadoras, lutadoras e montavam cavalos. Relacionavam-se com homens apenas para a reprodução e segundo o mito, se a criança que gerasse fosse menino seria morto. A etimologia do termo é um tanto indecisa. Há fontes que afirmam que o termo significa “sem mama” em grego, e que elas cortavam o seio esquerdo para melhorar o domínio do arco-e-flecha. Estão presentes em muitas histórias como a de Jasão e Hércules, e é claro nas séries “Xena” e “Sobrenatural”. Na história de “Xena” elas têm um papel muito importante, marcante até, tendo participação delas em um número bem relevante de episódios. Gabrielle torna-se Princesa Amazona na primeira temporada, onde comeca um laço de amizade e um compromisso com a tribo. Depois ela assume o posto de Rainha na segunda temporada. Também é revelado que Xena teve um tipo de relação com uma tribo amazona em seu passado que a condena. Armas, técnicas de luta, rituais da nação fazem parte disso tudo. Na quinta temporada Xena tem uma filha, Gabrielle concede à menina Eva o direito de fazer parte da nação amazona, depois do “batismo” Eva só retorna à nação 25 anos depois. Pode ser dito que assim como Eva, a filha de Dean Wincheter também tinha o direito ao título de amazona. Em “Sobrenatural” as amazonas aparecem exclusivamente na sétima temporada no décimo terceiro episódio “As garotas fatiadas”, Dean tem um caso com uma delas e tem uma filha que já aparenta ter 17 anos três dias após... bem... após o Dean ter ficado com a mulher. Nesse caso as amazonas são vilãs de uma sociedade secreta feminista cheia de tradições bizarras como beber leite com carne crua e matar o próprio pai. Dean jamais mataria a própria filha, e como faria com o irmão, tenta salvá-la. Mas não há salvação, nesse caso para a surpresa de Dean quem age é o Sam.

Anticristo: Termo usado para referência ao que se opõe ao cristianismo, porém também e melhor definido como um personagem, uma personficação do espírito que vai contra a todos os ensinamentos de Elai Jesus Cristo, ou seja, o Messias de Satanás como vemos em filmes como “A profecia”. Empregado no Novo Testamento somemente nas cartas do apóstolo João, quatro vezes no total. Quem não assistiu “Xena” deve estar se perguntando o que anticristo tem a ver. Sendo um enviado para a terra, alguém que irá surgir no nosso mundo, é bem comum que sua figura seja a de uma criança. Uma criança que assim como Jesus foi concebida por meios sobrenaturais. Sendo assim, um servo do mal, um demônio. A terceira temporada de “Xena”, apesar de muitos episódios “independetes”, se passa nesse contexto. Esperança, descendente do deus das trevas Dahak com Gabrielle vem à Terra para consolidar o império de seu pai. Quando Gabrielle está parindo Esperança, a cena foca algumas vezes na cabeça do bode presente no local. Em “Sobrenatural” não é muito diferente, na quinta temporada apocalíptica o anticristo é um moleque filho de um demônio com uma mulher, extremamente poderoso. Poderoso o suficiente para tornar realidade qualquer coisa que pense, sendo culpado de mortes misteriosas.

       


Os personagens quase originais

            Os ladrões habilidosos que não há nada que não consigam roubar: Autolycus (Bruce Campbell) e Bella Talbot (Laura Cohan). Autolycus (o próprio) não é um ladrão comum, e sim o rei dos ladrões, é capaz de abrir qualquer fechadura e se safar de qualquer armadilha e se amarra numa recompensa. Possui um grande coração e aparece sempre disposto a ajudar Xena e Gabrielle. Bella Talbot rouba artefatos místicos, amuletos, todo o tipo de coisa ligada ao sobrenatural para comercializar. Já fez alguns favores aos Winchesters, mas possui um mau caráter. Foi ela quem roubou o Colt e o vendeu. Presente num total de cinco episódios, todos da terceira temporada.

       

Os de fé: O anjo Castiel (Misha Collins) e o profeta Chucky Shurley (Rob Benedict) de “Sobrenatural” e Elai (Timothy Omundson) de “Xena”. Todos trabalham para o Senhor. Eli me lembra muito o Castiel, pela seriedade, fé e carinho que demonstra aos personagens principais. Mas possui um comportamento parecido com Chucky, o profeta. O temor, a busca pelo entendimento (que Castiel também tem). Eli e Chucky quando aparecem, mostram serem pessoas confusas e preocupadas com o poder que têm, não muito contentes. Castiel encara a missão supostamente dada por Deus com fé, assim como Eli em seus momentos finais.

      
           
 “Bem úteis” e grandes aliados, apesar de aparentarem ingenuidade: A amazona Amarice (Jennifer Sky) e o caçador Garth (DJ Qualls). Apesar de ser comum entre americanos, o que mais me chamou a atenção neles foram as seguintes afirmações:

   
           
O fã obsecado. Anne (Lucy Lawless) é xenite e reencarnação de Joxer, Becky Rosen (Emily Perkins) é obsecada pelo Sam, as primeiras que sempre acreditaram em tudo o que viam na TV. Sempre souberam que as histórias dos seriados eram verdade.         



A safada da quarta temporada que mexe com a cabeça de Sam/Gabrielle deixando Dean/Xena com ciúmes: Ruby (Genevieve Cortese)/Najara. É exatamente assim que acontece. Dean/Xena sempre está desconfiado(a) das pessoas, mas dessa vez opta por respeitar a decisão de Sam/Gabrielle de dar ouvidos a mulher que ele(a) sabe que não presta mesmo demonstrando ser de confiança, salvando a vida dele(a)s. A vantagem da Xena é que a Gabi não se iludiu por tanto tempo quanto o Sam. O pior de tudo é que Ruby é um demônio.


        

Eva: Em “Sobrenatural” é a Mãe de Todos os Monstros, vilã principal da sexta temporada. Interpretada por Julia Maxwell. Em “Xena” é filha da própria e mensageira de Eli, a salvadora. Só que antes disso é a vilã Lívia, por não ter tido a educação apropriada. Intepretada por Adrienne Wilkinson.


            Ted Raimi, o cara atrapalhado e apaixonado. É o Joxer! Personagem querido por uns e detestado por outros em “Xena”. Em “Sobrenatural” ele aparece no episódio 4x08 – “A fonte dos desejos” como Wesley Mondale.




           


       Episódios, e outras semelhanças:

Os seriados são completos, temos tudo o que se tem direito em relação a episódios e cenas. Clichês, comédia, drama, aventura, faroeste, horror...

Aquele que a morte tira férias

Xena 1x09 – “A morte”: A hora de todo mundo chega, mas o Rei Sísifo não quer encarar isso e bola uma armadilha para Celesta.  Com a Morte capturada ninguém mais morre. Xena precisa salvar a Morte para aliviar o sofrimento e restaurar o fluxo natural da vida.
Sobrenatural 4x15 – “A morte tira férias”: Os Winchesters vão investigar uma cidade onde ninguém morre. Acontece que os Ceifeiros simplesmente sumiram de lá. Eles precisam descobrir a causa disso tudo, trazer os ceifeiros de volta e restaurar o fluxo natural das coisas.

Aquele que capturam a Morte

Xena 5x19 – “Frente a frente com a Morte”: Os deuses sentem-se ameaçados por Eva, segundo a profecia seu nascimento traria a queda de todos eles. Para se proteger e proteger a filha Xena arma uma armadilha e captura Celesta com a corrente de Hefestos.
Sobrenatural 7x01 – “Conheça o novo chefe”: Com a ajuda do demônio Crowley Dean e Sam aprendem um feitiço que é capaz de capturar a Morte, pai de todos os ceifeiros. O plano dá errado quando Castiel, ciente do que se passava, liberta a Morte.

Aquele do Sonho

Xena 1x03 – “Combate mortal”: Xena precisa salvar Gabrielle que foi sequestrada por sacerdotes de Morpheu, deus do sonho. Xena precisa “pegar um atalho” através do mundo dos sonhos para chegar até Gabrielle.
Sobrenatural 3x10 – “Sonhe comigo”: Bobby (Jim Beaver) entra em coma, em seu subsconsciente enfrenta seus piores pesadelos, que vão o matando aos poucos. Dean e Sam precisam entrar no sonho de Bobby para salvá-lo e enfrentarem seus pesadelos.

Aquele da loucura

Xena 3x01 – “As Fúrias”: Xena é condenada pelas fúrias por perseguição e loucura, segundo Ares, porque Xena não vingou a morte de seu pai. Apesar de estar completamente dodoi da cabeça ela se sai muito bem na hora de resolver seu problema. Não há feitiço que faça Xena não se dar conta do que está errado e precisa ser corrigido.
Sobrenatural 5x11- “Sam Interrompido”: - Pudim! Sam e Dean vão parar no sanatório, a princípio lúcidos, pra cumprir uma missão. Precisam salvar um amigo e caçar, enquanto enlouquecem. Uma das cenas engraçadas que mais marcou o seriado.
http://www.youtube.com/watch?v=c9hDBsxc3lc

Feitiço do tempo

Xena 3x02 – “Todo dia é igual ao outro”: Xena fica presa num dia que se repete eternamente, acordando todas as manhãs com o canto do galo e o grito do Joxer “acordando e levantando”. Até arrumar uma maneira de quebrar o feitiço lançado pelo Cupido.
Sobrenatural 3x11 – “Local misterioso”: Sam Winchester fica preso numa terça-feira eterna, acordando sempre com a mesma música e vendo Dean morrer todos os dias sem conseguir achar respostas.

Ninguém muda o destino

Xena 2x02 – “A segunda chance”: Após Xena salvar o templo das Moiras, ganha a chance de voltar ao passado e não ser mais guerreira, com a condição de que tudo voltará ao normal caso ela derrame sangue. Gabrielle entra na vida de Xena em circusntâncias diferentes. Esse episódio também me lembra o 2x20 de Sobrenatural. Assim como Dean, Xena tem a chance de saber o que aconteceria se não tivesse seguido seu caminho “normal”.
Xena 6x18 – “Ninguém muda o destino”: Após fugir do submundo Júlio César (Karl Urban) consegue capturar as irmãs do Destino (Moiras) e muda a linha da vida de Xena & Gabrielle. Na nova realidade, Xena é imperatriz de Roma e casada com ele. Até que Gabrielle entra em sua vida...
Sobrenatural 4x17 – “Que vida terrível”: O anjo Zacariah (Kurt Fuller) transporta os irmãos para uma realidade alternativa onde não se conhecem apesar de trabalharem na mesma empresa. Com a sequência de suicídios cometidos por funcionários dessa empresa, os dois acabam se conhecendo, investigando e resolvendo o caso juntos.
Sobrenatural 6x17 – “Meu coração vai seguir”: Balthazar (Sebastian Roché) muda o curso da história, impedindo o naufrágio do Titanic. Todas as pessoas que teriam morrido a bordo são mortas por Átropos (Katie Walder). Dean e Sam não têm ideia do que foi mudado.

O faroeste

Xena 5x08 – “Atração animal”: Episódio do Ambarino, novo cavalo de Gabrielle. Xena, Gabrielle, Amarice e Joxer passam pelo vilarejo Spamona onde o cenário é todo inspirado nos filmes clássicos de faroeste.
Sobrenatural 6x18 – “Terra de fronteira”: Castiel leva os irmãos de volta ao velho Oeste americano. Objetivo: Conhecer o próprio Samuel Colt, e pedir sua ajuda para derrotar Eva, a mãe de todos os monstros.



Eles existem

Nas duas séries os heróis principais se tornam personagens fictícios. As aventuras de Xena & Gabrielle foram registradas nos pergaminhos que a Gabrielle escrevia, e as dos Winchesters nos livros que Chucky escreveu. A história deles fez tanto sucesso que ganharam séries de TV com seus nomes originais, e muitos fãs.
As séries possuem personagens hunters e personagens xenites que tiveram destaque em alguns episódios. Mesmo essas histórias sendo um pouco zoação, para mim é uma homenagem aos fandoms reais, que são até parecidos com os que são mostrados nas séries.  Xena 6x20 – “Alma possuída” e Sobrenatural 5x09 – “Os verdadeiros caça-fantasmas” se passam em convenções de “Xena” e “Sobrenatural”.


O subtexto: Tudo bem que a relação de Xena & Gabrielle chega a uma conclusão definitiva conforme vão amadurecendo, mas nas primeiras temporadas nada havia sido definitivamente assumido, nada era tão claro como é hoje, e ainda existem fãs shippers. . Com “Sobrenatural” não é diferente, já existem dois termos para o subtexto. “Wincest” (Dean + Sam) e “Destiel” (Dean + Castiel). De fato existe um afeto excessivo, tanto do Dean pro Sam, quanto do Dean pro Castiel e vice-versa. Castiel veio para a série na quarta temporada, o personagem tem feito sucesso, e tem se mostrado bastante preocupado e cuidadoso com Dean, logo tira o foco do possível incesto que nunca rolaria para dar ênfase à relação de Anjo da guarda que sabemos muito bem onde pode parar.  Tudo pode acontecer no mundo das fanfics e na mente dos fãs. E assim como há xenites que acreditam que exista ou existiu algo entre Lucy e Renné há quem acredite em Padackles e J² (não confundir com JJ, posição de Xena & Gabrielle): Jared Padalecki & Jensen Ackles.


Funerais: Para o morto ter descanso e cruzar bem as barreiras entre os mundos é necessário uma cerimônia fúnebre digna. Os gregos tinham o costume de colocar moedas na boca ou nos olhos do defunto para que pudessem pagar Caronte, o barqueiro.  Queimar o corpo é uma opção, em “Sobrenatural” todo caçador merece ter essa cerimônia. Em “Xena” isso não é uma regra, mas é comum acontecer. Segundo a tradição que os Winchesters seguem, queimar o corpo ajuda o espírito a se desprender do plano terrestre, e na maioria dos casos essa é a técnica usada para acabar com os fantasmas, pois muitos ficam presos aos restos mortais.


E mais uma coisa: Eric Kripke, criador de “Sobrenatural”, e Robert Tapert, criador de “Xena, a princesa guerreira” já trabalharam juntos no filme “O pesadelo” (Boogeyman, de 2005). Eric Kripke o escreveu e R. Tapert estava lá como produtor.  Sam Raimi, Chloe Smith e Joseph Lo Duca, pessoas que trabalharam com Tapert em “Xena” também estiveram envolvidos com o filme. 




por am>Rim



Me ajudaram com o Texto:

Wikipedia
Supernaturalbrasil.org
Supernatural.wikia.com.br
Homeofthenutty.com
Mikes-Images.com
Supernaturalwiki.com





Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. Amorim,
    Parabéns pela pesquisa. Confesso que fiquei instigado a conhecer a série Sobrenatural (ou Supernatural), devido ao tanto de semelhanças/coincidências existentes com Xena.
    Você simplesmente arrasou!
    Obrigado pela excelente matéria!
    :)

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, realmente incrível e as informações sobre sereias e amazonas são mais que completas. Mencionaste a lira do morfeu e eu lembrei da Xena cantando para tirar Odisseu do transe. To até considerando assistir sobrenatural agora. Obridadaçõ tche

    ResponderExcluir
  3. olha gostei do texto, realmente tem muitas semelhanças! parabens pelo blog!!

    ResponderExcluir

Para evitar comentários com conteúdo chulo e ofensivo, todos serão moderados, certo?

Ѳ Comente pelo Facebook!

Ѳ Mais Vistos