Aquela Que Me Deu a Vida e a Morte


"Tudo começou quando conheci Xena e Gabrielle. Eu andava com uns camponeses e cruzei com elas no caminho. Xena foi hostil comigo e Gabrielle era irritante. Não gostei dela a princípio. Como Xena não me deu créditos, fui procurar Callisto, e ela me mandou capturar Gabrielle. Eu bem que tentei mas, no fim, levei uma bela surra da loira. Aquilo me irritou profundamente... Como eu poderia apanhar de uma fedelha?

O caso é que não a capturei e nos tornamos juntos prisioneiros de Callisto.
Mas Xena nos salvou. Ela parecia tão mais interessante que a Gabrielle que acabei me interessando primeiro por ela, quando, numa confusão, conheci uma mulher com a cara da Xena e, acreditando que fosse ela, nos envolvemos. O nome dela era Meg e ela realmente gostou de mim.
O tempo passou e eu quase não a via. Foi então que, acompanhando Xena e Gabrielle, passei a conhecer melhor aquela loira irritante e acabei me apaixonando loucamente por ela. Só que ela não percebia que, quando eu a via, era como se o sol brilhasse apenas para mim. Pela primeira vez na vida, me senti vivo, senti um coração batendo em meu peito. Eu estava verdadeiramente amando alguém pela primeira vez.
Minha intenção em segui-las era, exclusivamente, proteger Gabrielle. Aqueles olhos verdes, brilhantes, me levavam ao êxtase sem ao menos tocá-la.
Teve uma vez que, por uma confusão, ela acredita estar apaixonada por mim, quer dizer, eu a fiz acreditar nisso. Foi tão bom sentir sua cabeça em meu ombro. Eu sentia a mesma paz que hoje sinto estando aqui.
Aquele sorriso meigo, cheio de expressão, me remetia a um mundo de fantasias. Eu queria poder mergulhar naqueles lábios rosados. Eu ficava sonhando com o momento que ela me dissesse que também me amava.
Por muitas vezes, arrisquei minha própria vida pela dela, porque Gabrielle era a minha vida. Ela me fez sentir vida dentro de mim. Eu era um aspirante a guerreiro sem nada de bom para apreciar e ela me deu isso. Me deu vida.
Ninguém pode imaginar o quanto eu sofri quando a vi pendurada naquela cruz. Foi como se tivessem arrancado meu coração de mim e o  crucificado junto com ela. Retirar seu corpo do madeiro foi doloroso demais pra mim. O frio cortante que caía naquela noite não era pior do que a dor que dilacerava a minha alma.
Mas Eli as trouxe de volta e pude ver novamente aqueles olhos cheios de vida.
Mesmo sabendo que ela não me amava, eu sempre estive a seu lado. Enfrentei coisas, criaturas, e até a própria Xena, quando ela queria se vingar dela  pela morte de Solan. Mas eu fracassei. Não consegui proteger minha amada e tive que vê-la sendo arrastada. Eu achei que a tinha perdido para sempre...
E teve a vez em que,  já com a pequena Eva, Xena e Gabrielle morreram. Bem, pelo menos, eu achava isso. Eu senti uma dor tão forte que fiquei sem rumo e fui parar novamente nos braços de Meg, com quem me casei. Pelo menos, ela demonstrava me amar.
Mas não havia um só dia na minha vida em que eu não me lembrasse daqueles olhos, daquele sorriso, daquela mulher que me ensinou tantas coisas. Eu ficava me lembrando do que passamos juntos, como quando ela se jogou com Esperança no fosso de lava. Vê-la caindo sem poder fazer nada foi como se eu estivesse caindo junto com ela. Por sorte, pra minha felicidade, ela voltou.
Mas ela morreu, pelo menos todos acreditavam nisso, até que, um dia, na taberna que Meg e eu construímos em homenagem a Gabrielle e Xena, meus olhos, já cansados e velhos, não puderam acreditar no que viam. Era ela, Gabrielle não estava morta. Foram 25 anos de sofrimento e agora ela estava ali, bem na minha frente, linda como sempre.
As notícias não eram boas, apesar do meu grande amor ter voltado. Eva se tornara uma fria assassina, como Callisto, e Xena precisava reaver sua filha perdida.
Eu não poderia deixar as coisas acontecerem sem fazer nada. Mesmo velho e fraco, fui com elas em busca de Eva. Eu precisava proteger minha amada.
E foi numa tentativa de salvar a sua vida, que estava a mercê de Eva, que lhe concedi a minha vida.
Por Gabrielle vivi, por Gabrielle morri... "

 por Joxer, diretamente dos Campos Elíseos


por Math Pitbull


Comentários
1 Comentários

Um comentário:

Para evitar comentários com conteúdo chulo e ofensivo, todos serão moderados, certo?

Ѳ Comente pelo Facebook!

Ѳ Mais Vistos