Dicas Afrodisíacas & Djinn Responde



Afrodite (olhando torto para Najara) - Humpf!... Posso saber por que me colocaram junto dessa mortal com debilidade mental?

Najara (visivelmente irritada, mas tentando não demonstrar) - Muito provavelmente o Djinn assim o quis.

Afrodite - Que Djinn o que? Por acaso esse Djinn é administrador desse blog? Nem deus ele é. Aff!

Najara - O Djinn pode não ser um deus, mas guia as pessoas de forma muito mais sábia que você, que só sabe falar besteiras e dar conselhos sem moral! Não sei até hoje que utilidade tem as suas dicas, (ironizando) Senhora Deusa do Amor!

Afrodite (apertando os olhos de ódio) - Ora, sua loira falsa! Continue me provocando que eu transformo você em um piolho!

Najara (respirando fundo) - Transforme-me em um piolho, se assim Djinn permitir. Sendo um piolho, poderei permanecer na cabeça de alguém e assim aconselhar muito mais facilmente.

Afrodite - Você já se deu conta do quanto você é ridícula com essa coisa de Djinn pra cá, Djinn pra lá...?

Najara (fechando os olhos e prestando atenção no alto) - Sim... sim... direi, oh, poderoso Djinn!

Afrodite (gargalhando) - Hahahaha, não acredito que o tal Djinn está falando com você agora! O que ele disse? Para me dar umas palmadas?

Najara - Não. Djinn nos aconselhou a fazermos logo o que viemos fazer: responder as questões enviadas pelos leitores sedentos por auxílio.

Afrodite - Está certo. Realmente não vale a pena perder meu tempo com uma mortal como você. Vou começar respondendo os meus amadinhos...

Najara - Não! Eu começarei! Os pedidos por conselhos de meus seguidores são de maior importância do que dúvidas sobre moda e beleza enviadas pelos seus! Do que adianta estar na moda e bonito por fora, se interiormente essas pessoas estão corrompidas e ainda não conhecem o caminho da luz?

Afrodite - Ah, é? E quem é que vai querer andar num caminho de luz com roupas esfarrapadas, os cabelos desgrenhados e uma porção de perebas na cara? Ninguém, queridinha! Todo mundo quer ficar bem sob os holofotes!

Najara (incrédula) - Holofotes? Acaso você pensa que a luz a qual me refiro são holofotes? 

Afrodite (incerta) - Ué, não são? Esse caminho de luz não é um caminho com lâmpadas enormes apontadas para a pessoa que decide seguir por ele?

Najara - Se eu sou loira falsa, você é loira burra! Me admira você ser uma deusa! O caminho de luz é um caminho interior, onde a pessoa passa a enxergar a própria luz dentro de si e a seguir. 

Afrodite (mostrando a língua) - Então isso é fácil, bobinha: quem quiser ter luz dentro de si mesmo, então engula um vaga-lume! Hahahahaha!

Najara (organizando as folhas com as perguntas dos leitores) - Chega disso! Vou começar a ler o primeiro e-mail que recebi! 

Afrodite (apontando um dedo na direção dos papéis, fazendo-os cair das mãos de Najara) - Oops! Que terrível isso, amiga! Acho que terei que começar primeiro! Hihi

Najara (abaixando-se para apanhar as folhas, olhando fulminantemente para Afrodite) - Vá em frente, trapaceadora! 

Afrodite (dando de ombros) - Queridos leitores, recebi três questões muito sérias que precisam urgentemente de minha ajuda. A primeira é o seguinte:


"Querida e bela deusa do amor, recentemente fiz algo terrível e preciso de suas preciosas dicas para resolver isso. Eu estava com um espinha horrorosa no meu queixo e, mesmo sendo aconselhada a não espremer, não aguentei e espremi na frente do espelho, o qual ficou todo melecado. Além de ter que limpar aquela imundície, agora meu queixo ficou todo vermelho, com um buraco enorme e esfolado. O que devo fazer para reverter isso?"

Fulaninha, Belford Roxo/RJ


Najara - Não acredito que uma jovem perde tempo escrevendo um e-mail para falar de espinhas!

Afrodite - Cala a boca, Najara! Você nunca teve espinhas, não? Os mortais sofrem muito com isso, sabia? Como essa menina vai arrumar um homem com a cara esburacada? Fulaninha, não liga pra essa maluca, não! Vou te responder. Primeiro, espremer espinhas é coisa de gentinha! Você deveria ter me pedido ajuda antes ou procurado um mortal que entendesse do assunto... Como é que chama mesmo? Ah, um dermatologista! Aliás, tem uns que são uns gatos! Eu tenho "conversado" com dermatologistas para me ajudarem na composição de meus produtos.... Ai, que calor me deu agora! Mas, bem, voltando ao seu buraco, digo, à sua espinha, agora que a besteira foi feita, você deve fazer o seguinte: pegue cinco pétalas de rosas brancas do jardim mais próximo, meio litro de água filtrada e três gotinhas de própolis. Você vai ferver a água e depois colocar as pétalas, abafando por uns 10 minutos. Depois, coloque as gotas de própolis e coe, acrescentando uma colher de fubá e uma de água. Misture tudo e, quando esfriar, passe no local afetado de vez em quando, até que desapareça a mancha. Em breve, essa poção fará parte de meus produtos e receberá um toque especial da deusa do amor, ou seja, euzinha! Mas por enquanto pode ir usando assim mesmo que vai te ajudar. Beijos, fulaninha!

Najara - Por Djinn, como você fala, hein! Agora é a minha vez! Depois você responde de novo!

Afrodite - Vai, vai, chata! Você e esse Djinn aí!

Najara - O primeiro problema que tenho aqui em mãos veio de uma pessoa que prefere não se identificar, lá do Maranhão:


"Tenho sofrido muito com a falta de dinheiro. Fiz umas compras quando ainda estava trabalhando e parcelei tudo, mas perdi meu emprego e agora não encontro outro. Como faço para pagar minhas dívidas?"


Afrodite - Que mandou nascer pobre?...

Najara - Fica quieta, ou não consigo me concentrar!

Afrodite - Tá, tá. (mostra a língua)

Najara (erguendo os braços ao alto) - ... Verdade... É... Sim...

Afrodite (tentando segurar o riso) - Pfff!!...

Najara (voltando a si, se é que isso é possível) - Já tenho uma resposta para lhe dar. Djinn responde que você deve encontrar dentro de si mesmo a saída...

Afrodite (não conseguindo mais se controlar) - Hahahaha... Duas opções: ou abre o próprio bucho ou espera sair por baixo.. kkkkkkkkk!!

Najara (alterada) - Não é nada disso! Essa pessoa precisa encontrar dentro de si mesma coisas que ela saiba fazer para, assim, usar isso a seu favor! Se você sabe fazer algo, como trabalhos artesanais, por exemplo, então, fabrique suas peças e venda. Se você sabe cozinhar, então cozinhe para fora. Se sabe lavar roupas, pode lavar as roupas de seus vizinhos. Se você tem saúde e disposição, só fica parado se quiser. Esse é o caso. Reclamar e não fazer nada para ajudar a si mesmo não te ajudará em nada. 

Afrodite - Olha, até que esse conselho não foi tão ruim, Najarinha... Mas agora eu vou responder a segunda questão que foi enviada para mim! 


"Ganhei uma saia curta, muito curta e estou com vergonha de usá-la em qualquer lugar. Mas é uma saia tão linda, com detalhes em dourado nas laterais, que seria uma pena não poder usá-la pelo menos uma vez. Me diga então: se tratando de uma saia que não esconde mais do que as nádegas, onde poderei usá-la sem ser mal vista?"

Anônima.


Afrodite - Olha, anônima, você não disse sua cidade, mas se aí tiver baile funk, seu problema estará resolvido, amorzinho! No baile funk, você pode ir sem medo com essa sainha que ninguém vai achar que você é uma sem-vergonha...

Najara - Achar mesmo não, todo mundo terá certeza.

Afrodite (trincando os dentes) - Por Zeus, que mulher amarga! Não escute o que essa maluca diz, querida. O baile funk é top para usar esse tipo de saia sem nenhum problema. Mas, caso por aí não tenha baile funk, você também tem a opção de usá-la em uma casa de suingue ou algo assim, porém, para isso, você precisa ser desencalhada! Resumindo: se você é solteira, vá ao baile funk, se você é comprometida, vá à uma casa de suingue. Em ambos, sua saia fará o maior sucesso!

Najara - Depois eu que sou a maluca... tsc... tsc...

Afrodite - Vai você agora, Najararaca!

Najara - Ótimo! Responderei somente mais uma questão hoje, pois com a presença dessa aí, que se diz deusa do amor, mas só sabe ensinar despudores, eu me nego a continuar!

Afrodite - Os incomodados que se mudem, oras!

Najara - Sim, eu irei embora, mas responderei a mais esta questão, que trás um assunto muito sério, o qual não pode ser adiado:


"Por favor, pergunte ao Djinn o que eu devo fazer para superar a dor de ter perdido meu braço esquerdo. Há 1 ano atrás, trabalhando como serralheiro, acidentalmente o disco saltou da máquina e decepou meu braço, na altura do bíceps. Agora não sei mais o que fazer de minha vida. Se puder me ajudar, agradeço."

Clemente - GO


Afrodite - Oh, coitadinho!...

Najara - Você está vendo a diferença entre o que eu recebo e o que você recebe? 

Afrodite - Todos precisam de ajuda, meu bem. Responde aí pra esse pobre homem e pare de encher o meu saco!

Najara (respirando profundamente e fechando os olhos) - ... Claro... certamente... Oh... Sim... Oh... Oooohhh!!!

Afrodite (intrigada e cochichando para si mesma) - Zeus meu... Esse tal de Djinn é mesmo poderoso... Hummm...

Najara (abrindo os olhos em estado de êxtase) - Djinn me revelou... Oh, que alegria!...

Afrodite - Posso imaginar bem o que foi que ele te revelou... hahaha

Najara (olhando de soslaio) - Pervertida!... Bom, Clemente, a questão é: se foi você quem digitou esse e-mail, significa que você é destro, ou seja, sempre utilizou mais a mão direita. Portanto, continue utilizando sua mão e braço direitos para fazer tudo o que você sempre fez. Ter perdido um membro de seu corpo com certeza foi um sinal. Provavelmente, você não costumava ter muito cuidado com si mesmo. Djinn me revelou que você ainda não encontrou o caminho da luz e a perda de seu braço foi um aviso para que você se disponha a seguir o caminho certo em sua vida. Seria mais fácil ter te conduzido à luz se você fosse libertado das trevas...

Afrodite - Em outras palavras, morrendo, querido...

Najara - Use a palavra que quiser, mas é fato que uma chance de fazê-lo encontrar a luz nesta vida foi-lhe concedida. Sendo assim, lembre-se que você ainda tem outro braço, duas pernas e todo o resto inteiro. Use-os!

Afrodite - Clemente, querido, se você for um exemplar de mortal bonito, pode usar seu corpo comigo, sim?

Najara - Assim não dá! Eu vou embora!

Afrodite - Para noooossa alegria! Graças à Zeus! Já vai tarde, fofa!

Najara (ignorando Afrodite) - Obrigado àqueles que confiam à mim suas questões pessoais. Tão logo seja possível, retornarei para mostrar-lhes o caminho certo a seguir. Adeus!

Afrodite (acenando para Najara, que sai de cena) - Tchauzinho!... Credo, que mulher sem noção, né, gente?... Eu tenho aqui mais uma perguntinha. Vamos ver:


"Afrodite, sua linda! Me chamo Dagoberto e preciso de uma dica sua para ficar mais potente na cama! E aí, o que devo fazer?"


Afrodite - Você é bonito? Se for, vá à um de meus templos e chame por mim que logo resolvo esse seu problema, viu? Agora, se você for um desses mortais xexelentos que não costumam se olhar no espelho e ver a desgraça que são, só me resta dizer uma coisa: tome muita maracujina e vá para cama! Você será muito potente... dormindo! Hahaha

Por hoje é só, meus lindos! Espero que, na próxima vez, eu não seja obrigada a ter que dividir meu espaço com aquela "pino frouxo" da Najararaca! Se isso vier a acontecer, transformo os administradores desse blog em piolhos e coloco todos na cabeça dela para viverem o resto de suas vidas miseráveis!

Enviem suas dúvidas, seus pedidos, suas confissões... Tudo o que quiserem para mim, que sempre terei uma dica quentíssima pra você! Quem preferir consultar a maluca, o endereço é o mesmo: xenasworld@hotmail.com. 
Eu vou exigir um endereço de e-mail só pra mim! Aguardem...
Beijinhos...



Dicas Afrodisíacas por Afrodite
Ideia original: Nina

Djinn Responde por Najara
Ideia original: Matheus



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para evitar comentários com conteúdo chulo e ofensivo, todos serão moderados, certo?

Ѳ Comente pelo Facebook!

Ѳ Mais Vistos